domingo, 13 de julho de 2014

"A barata".


Escolhi este conto: "A barata" para compartilhar com vocês. Escrevi após pegar um ônibus, onde tinha uma "família de baratas" (rs). Fiquei me perguntando ... por que não tornar este momento inesquecível" em um conto.

Espero que vocês gostem...

Numa viagem de ônibus, vários passageiros subiam e desciam apressadamente em busca de um assento ou da saída.

Apressados, devagar, falando ao telefone, conversando, segurando uma criança no colo, puxando a outra . Silenciosos, rindo, angustiados, com medo de assalto, um pouco de tudo se via, mas todos queriam chegar á um ponto: seu destino !

 Nesta mesma viagem, um grupo de baratas passeava pelas paredes do ônibus. Todos os dias elas faziam esse passeio, até por que, esse ônibus  frequentemente estava sujo, que nem lembro mais de quando eu o vi limpo.

 Buscavam um pedaço de pão, de biscoito, uma pipoquinha do saco amarelo pantera, que elas adoravam.  Jujuba, resto de barra de cereal e tudo que pudessem levar para o canto do ônibus onde residiam.

Uma barata pequena e muito curiosa se destacava no grupo.

Sempre metendo o nariz nos cantos. Subindo em forma diagonal chegou até a janela. Nunca havia tido essa ideia.

Ficava sempre pelo chão, receosa para não ser pisoteada ela desviava dos pés apressados de todos os dias.

Deslumbrada com o que viu, ficou parada ali. Sem saber o que fazer! Quantas pessoas nas ruas! Quantos carros de cores variadas! Edifício altos, casas, comércios e praças! Tudo tão estranho, mas lindo demais para seus olhos já encantados.

De repente.... uma freada brusca. A pobre barata voa, sobe até o teto e desce com o impacto. Já no chão com as patas para cima, atordoada, fica imóvel.

_ ‘’ Morreuuuuuuu ....!! ( gritou sua irmã).

_ ‘’ ... Não, ela inda respira ... (falou a amiga).

_ Coff ! Cofff! ... Ai! Que dor! Minha cabeça dói! Quebrei uma antena ... Que dor!...
____________________________________________________
   
 ‘’ Está vendo? Isso é o que acontece quando paramos os nossos afazes para nos preocuparmos com a vida dos outros . Olhar é muito bom para o mundo mas, olhar para a sua vida, para dentro de você e caminhar em busca das suas realizações e o que devemos fazer .

Cada um sabe de sua vida...lembre-se disso !”

Bjs,
Alda