quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

Livro: John & George- - O cão que mudou minha vida.


Confesso que é um livro muito interessante, pois é a história real de John, que é um renomado artista que mora e vive em Shoreditch, East London, e seu cão George.

Sua infância foi difícil, pois sofria bullying na escola, já que era obeso. Tinha problema com o seu pai que era muito severo e intolerante. Entre assaltos, fugas da escola e inúmeras detenções durante adolescência, ele foi morar nas ruas, depois que seus pais não suportaram tanto desgosto pelo comportamento do filho.

Um dia, ele levou um casal de moradores de rua para o seu apartamento, que foi conseguido pelo serviço social, e, entre idas e vindas, conheceu George, um cão staffordshire descontrolado, que, assim como ele, sofreu muito abuso físico e emocional de seu ex-dono, que o vendeu por uma garrafa de cerveja.



John Dolan passou 3 anos nas ruas. Um dia, um amigo conseguiu vender seus desenhos, o que fez ele conseguir reconhecimento por seu trabalho e sucesso imediato.



Que linda história de amor e amizade entre o homem e o seu amigo fiel. Quem disse que um cão não pode transformar a vida de uma pessoa que não tinha mais esperança e nem razão para viver, ainda não leu este livro!








Super dica de leitura!

Bjs,

Alda 


quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

A escolha.


Existem algumas frases que você ouve quase que constantemente. Essa é uma delas: "Se eu soubesse que ele era assim, não teria casado com ele!’’.

Será quem não sabia? Sim, porque a pessoa se revela todos os dias, mas é preciso querer ver com os ‘’olhos da razão’’ e não da paixão.

Ninguém muda após o casamento e sim se revela aos olhos ‘’cegos’’ da paixão. É bom saber que não há ‘’enganados’’ e sim ‘’ fascinados’’. Se é que podemos chamar assim.

Perguntei ontem, para uma paciente: "Você aceitou o pedido dele de casamento. Não foi? Então, ele não a forçou a casar. Estou certa? Por que, então você não começa a repensar sobre essa relação, ao invés de culpar o outro? A escolha foi sua?

Aqui dizemos: ’’Quando um não quer os dois não brigam’’. As relações não são perfeitas, pois as pessoas não são perfeitas. Então, por que desejar que o outro seja o nosso espelho?

Ela estava sozinha no leito, sem companhia de parentes, e revelou que o marido ainda não havia feito uma visita. Era visível o seu abalo emocional e a sua fragilidade nesse processo do adoecimento.

Penso que ...Adoecer é perder o chão e cair no abismo quando não elaboramos este adoecimento. O terapeuta ocupacional possui essa função, dar suporte terapêutico e ajudar a elaborar esse processo de hospitalização.

Sempre digo, aos meus pacientes: ‘’Escolha ser feliz. Escolha amar. Escolha perdoar e acima de tudo escolha Deus em sua vida, pois eu não posso mudar a sua relação com o seu marido, mas eu posso ajudar a você a ver que a doença vai mudar o seu modo de ver o mundo e as escolhas futuras’’.

Ela disse: ’’Então, o que faço agora? ’’Bem, não poderia dizer o que fazer, pois não o faço e sim favoreço a reflexão. Apenas disse a ela que continuasse o tratamento, sem ficar tão ansiosa em querer ir logo para casa, a ponto de pedir alta para médica".

Ela fez atividades terapêuticas durante a internação, até a alta médica, e acima de tudo foi mais feliz e confiante para terminar o tratamento em sua casa.

Como será a relação com o marido? Não sei, mas espero que, ela mude a sua relação consigo mesma, pois o amor-próprio e o auto-cuidado é de sua responsabilidade. A escolha em ser saudável e em ser feliz é dela!

Bjs,
Alda 

Fonte: Imagem www.noivinhas.com.br




terça-feira, 29 de dezembro de 2015

Livro: Pensar com os pés.


Um livro que não é só para quem gosta de futebol ou para homens, mas um livro para quem gosta de experiências de sucesso e estímulos para ‘’chutar a bola até o gol’’.

O escritor é Allan Percy, autor de ‘’Nietzsche para estressados’’e que foi lançado pela editora Sextante.

Gosto muito deste escritor, pois ele possui ‘’um jeito’’ de cativar o leitor com sua linguagem escrita bem humorada. Seus livros são sempre um convite ao sorriso de rosto todo.

Bem,vou colocar algumas frases ditas por alguns gênios do futebol e bem retratadas neste livro. Ok?

* ‘’Os gols em nossa vida são frutos das vezes que chutamos em direção á meta adversária’’. (sétima Lei esférica).

* ‘’A primeira regra de sobrevivência é clara: nada é mais perigoso do que o sucesso de ontem (Luiz Felipe Scolari).

* ‘’Eu me defino como um operário das oportunidades( Franz Beckenbauer).

* ‘’Não se pode viver da história.É preciso construir seu futuro’’ (Ruud Gullit).

Allan Percy diz:

‘’Quando você se sente fluir com o que está fazendo, a felicidade e a excelência se dão as mãos’’

Eu e a ‘’mana abençoada’’ concordamos!!!

Super dica de leitura!

Bjs,
Alda 





segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

Livro: Eu estava doente e você me visitou.

Um livro extremamente belo, pois conta o testemunho do padre dehoniano Rinaldo Paganelli, que fala sobre a doença, o adoecer e os sentimentos,  surgidos neste período, principalmente sobre sua doença.

No caso, o padre tinha uma grave doença no estômago. Teve medo da doença, já que descobriu no momento da internação. Ele pediu ao Senhor ‘’Fé’’ no momento. Fé ‘’pequena como um grão de mostarda’’.

Vou colocar algumas reflexões deste autor e espero que seja uma mensagem para quem passar por uma doença grave ou que possui um parente ou amigos nessa fase da vida.

Ele pedia a Deus fé, para atravessar abraçado a Ele esse momento difícil, onde o temor, a dor e as tempestades emocionais estavam presentes.

O certo, é que ele não pedia resignação, pois devido à doença não se achava em condições de tê-la, mas sabia que era preciso ter, já que ele desejava viver em plenitude e não apenas sobreviver diante da doença.

Ele mencionou que estar doente e conviver com pessoas doentes envolvia a todos, pois, direta e indiretamente a doença faz as pessoas refletirem sobre os motivos do adoecimento e sobre o ‘’porquê desta doença’’

Super dica de leitura!

Bjs,

Alda 



domingo, 27 de dezembro de 2015

Filme: Um Divã para Dois.


Que filme mais interessante!O elenco é brilhante com: Meryl Streep (Kay), Tommy Lee Jones (Arnald) e Steve Carell (Dr.Bernie).

Conta a história de um casal que, por estarem juntos há muito tempo, a relação caiu na rotina ficando fria e sem motivações entre ambas as partes, como por exemplo, para sair à noite.

Mas, Kay consegue arrastar o seu marido Arnald para a clinica do Dr.Bernie, que é um conceituado terapeuta de casais.

No divã Arnald é cheio de justificativas para o seu comportamento com a esposa. Kay instiga o marido a ser diferente, tendo o programa do terapeuta como a ponte para a mudança.

Enfim, um filme que é uma comédia que mostra a realidade das crises entre casais de meia idade e suas dificuldades de lidar com as mudanças no corpo e no modo de ser.

Super dica de filme!

Bjs,
Alda


sábado, 26 de dezembro de 2015

No silêncio Deus trabalha por você!


Que lindo vídeooooo...Confesso, que não sei se meus olhos encheram de lágrimas pela música ou pela prova que Deus trabalha em silêncio.


Tenho de admitir que todas as vezes que vem ‘’aquela tristeza’’ que ‘’bate na porta do meu coração’’ , eu sempre procuro em silêncio falar com Deus, pois sei que Ele é o único que me entende e compreende os meus atos.

Eu nunca fui de chorar nos braços do outro, não por me achar melhor e superior ao outro, porém por acreditar que só Deus vai me confortar e me colocar em seus braços naquele momento de dor.

Tenho minha família e amigos, com os quais sei que posso contar, mas só em Deus encontro forças para superar.

Bjs,
Alda  







sexta-feira, 25 de dezembro de 2015

Feliz Natal !!!


Hoje é um dia especial. Hoje é Natal !!! Uma data para lembrar o nascimento de Jesus. E, como não poderíamos deixar esta data passar em branco, convidamos o nosso associado e poeta Márcio Rodrigues para deixar sua mensagem de Natal para todos que nos acompanham aqui em nosso Blog. Antes, gostaríamos de expressar em forma de palavras a nossa gratidão a vocês que, em um momento ou outro, nos fazem uma visita, deixam seus recados, trocam ideias e experiências. Sabemos que o dia-a-dia nos impedem de "surfar" na "net" com a frequência que gostaríamos. Mas, temos a certeza que a visita, colaboração e compartilhamento de vocês é sincero e tenham a certeza que é recíproco. Eu e a "mana abençoada" agradecemos de coração o tempo que vocês dedicam para nos acompanhar. Segue a poesia de nosso associado e o nosso cartão virtual de um Natal e Ano Novo "mega" abençoado como diz a mana Alda. 
Bjs,

Vi e Alda     

Natal de amor
Natal de lua bela,
Um menino olha pela janela,
Espera Papai Noel chegar.
Comidas na panela,
Cheiro de rabanadas no ar.
Cristo nasceu ,
Para o mundo todo amar.
Na cruz morreu
Para depois ressuscitar.
Crianças em tantos países,
Querendo ser felizes.
Ah! Noite de luar,
Natal não é só presente,
É o sentimento de paz,
A vontade de ajudar.
Nasceu o bom menino,
Bateram os sinos,
É hora de cantar,
Louvar ao Senhor.
Lua cheia de esplendor,
Que seja um Natal repleto de amor!

( Márcio Rodrigues )

FELIZ NATAL !!!
Bjs,
Alda e Vi 

quinta-feira, 24 de dezembro de 2015

A verdadeira Amizade: O monge e o cãozinho











Que lindo vídeoooooo! Fiquei com os olhos cheios de lágrimas! Que história!Fantástica!!Sem palavras... Assista!

Bjs,
Alda 

                                      

Postado por:SAINNED





quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

Livro: Cecília de bolso – Uma Antologia Poética.

Mais uma bela indicação de leitura. Quem gosta de poesia vai adorar este livro de Poesia de Cecília Meireles, lançado pela editora L & PM Pocket.

A cada dia venho buscando ler mais poesias, pois vejo que ela consegue expressar sentimentos em forma de rima, de prosa e soneto.

Gosto muito de Carlos Drummont de Andrade, Mário Quintana, Cecília Meireles entre outros. São tão enigmáticos algumas vezes e tão grandiosos em sua simplicidade na forma de amar a vida, a natureza e o ser amado.

Vou compartilhar duas poesias de tantas tão belas e espero que você consiga apreciar como eu as apreciei, e, quem sabe, ser um novo leitor deste universo literário.

                    Beira-Mar 


Sou morada das areias,
de altas espumas:os navios
passam pelas minhas janelas
como o sangue nas minhas veias,
como os peixinhos nos rios...

Não têm velas e têm velas;
e o mar tem e não tem sereias;
e eu navego e estou parada,
vejo mundos e estou cega,
porque isto é mal de família,
ser de areia, de água, de ilha...
E até sem barco navega
Quem para o mar foi falada.

Deus te proteja Cecília,
Que tudo é mar – e mais nada.


O Eco


O menino pergunta ao eco
onde é que ele se esconde.
Mas o eco só responde: ‘’Onde?’’Onde?’’

O menino também lhe pede:
‘’Eco, vem passear comigo!’’

Mas não sabe se eco é amigo
ou inimigo.

Pois só lhe ouve dizer:
‘’Migo’’.

Super dica de leitura!

Bjs,
Alda 


terça-feira, 22 de dezembro de 2015

É preciso ser grato aos pais.


Outro belo vídeo este, postado por JG Costa. Fala sobre infância, velhice e gratidão. Fala de amor recebido e amor doado, aprendizado e paciência.

Somos muito gratas aos nossos pais por tanto amor e dedicação!!!Somos reflexos dos valores morais ensinados e do amor ao próximo sempre compartilhado em família.

Lindoooooooo!!! Assista!

Bjs,

Alda 

 
Postado por:JG Costa




segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

Na ponta dos dedos.


Meus pensamentos chegam a ficar na ponta dos dedos quando estou aqui, no Blog Diário das Gêmeas Paraenses. É o único momento em que o mundo ‘’lá fora’’ não entra aqui no meu quarto.

Quando nossa mãe chama, eu respondo: "No momento estou em meu escritório, em hora comercial, por favor deixe o seu recado depois do ... Pi!’’. "Ela ri muito e ainda conta para a ‘’mana  abençoada’’ a minha ‘’graçinha’’.(rs)

Confesso, que sempre ando com folhas de papel chamex na bolsa, uma caneta e um livro além de um batom e porta-dinheiro. O resto são pequenas ‘’besterinhas’’ que gosto de carregar (rs)

Uma vez, esqueci o papel e tive que escrever em um boleto um ‘’insight’’ e quase perco a chance de pagar uma conta no auto-atendimento, pois ficou próximo do código de barras.

Outra vez escrevi na caixa de um remédio e na bula, entre um atendimento e outro. Nossa mãe sempre ‘’briga’’ comigo, pois diz que fico vulnerável a ladrões devido a minha distração.

Enfim, descobri que na ponta da caneta vai muito mais que palavras... Vai um pouco de mim cheio de carinho.

Bjs,

Alda 



domingo, 20 de dezembro de 2015

Vídeo - Let It Be - Deixe estar



Que vídeo musical mais harmonioso! Let It Be , segundo a tradução: "Deixe estar".É interpretado por Alicia Keys & John Legend, que em dois pianos fazem um duelo belíssimo.

Veja!

Bjs,

Alda







sábado, 19 de dezembro de 2015

Livro: O ponto Cego.

Tenho procurado expandir ainda mais o meu mundo literário. Ando com necessidade de ‘’ir além do meu universo’’, viajar por outros mares e ir fundo até o fundo do mar.

Sempre gostei de tais aventuras,mas agora muito maissssss...Dizem que,as pessoas que gostam de ler e escrever muito acabam não sendo bem compreendidas.Que pena!!!

Na verdade, não gosto de rotinas. Gosto de "pé no chão’’, ‘’coisas simples’’ e de seguir sem medo de descobrir novas estradas. A rotina me deixa na zona de conforto por isso,observo mais,escrevo muito mais e falo o necessário saindo assim desse ''tédio de conforto''.

Escolhi hoje, para o nosso bate-papo aqui no Blog Diário das Gêmeas Paraenses, o livro da escritora gaúcha Lya Luft, que apesar ter formação em letras anglo-germânica e ter mestrado, lançou o seu primeiro livro aos 41 anos de idade.

Pois bem, o nome do livro é ‘’O ponto cego’’ e foi lançado pela editora ARX, onde a escritora assim define: "O ponto cego é um fenômeno da visão humana segundo o qual, conforme convergência e refração, pode–se ver o que habitualmente permanece oculto: a possibilidade além da superfície, o concreto afirmado na miragem....’’

Na verdade, a referência está relacionada com o pai do ‘’menino’’, que possui um só olho, o azul, já que o outro ele perdeu quando caiu de um galho e furou o olho.

A história do livro é contada dentro de um cenário familiar. O pai é autoritário e bem sucedido, mas usufrui o poder às custas da herança da esposa, a mãe submissa e tentando cuidar dos filhos, a avó muito vaidosa, mas que enlouquece devido ao narcisismo e três filhos, uma moça que morre, outra que nasce e ele, ‘’’o menino’’ que conta todo o desenrolar do drama.

Uma história que flui com tanta leveza, que o leitor consegue se imaginar no lugar do ‘’menino’’, que vive o seu drama pessoal, porém que não deixa de lado, a pureza e a inocência de uma criança...Apesar de certas atitudes maldosas.

Super dica de Leitura!
Muito interessante!
Suas histórias são sempre boas aventuras!

Bjs,
Alda 


sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

Sei...

Sei que...  Não sou perfeita.

Sei que... Tenho muito a aprender.

Sei que... Cada palavra ofensiva deixa uma marca no coração do ofendido.

Sei que... Não tenho tudo que quero, mas tudo que preciso para viver.

Sei que... Reclamar não leva a lugar nenhum, então escolho agir.

Sei que... A música me acalma.

Sei que... Os livros me levam a lugares inesquecíveis.

Sei que... O amor é um sentimento que transforma.

Sei que... A fé tem o poder de confortar corações despedaçados pelas perdas.

Sei que... Nada sei e tudo quero aprender.

Sei que... Amigos verdadeiros não traem sua confiança e ficam felizes pelo seu sucesso.

Sei que... O sol brilha após o fim de uma tempestade.

Sei que... Que preciso a cada dia fazer minha reforma íntima para ser uma pessoa melhor.

Sei que... Existem algumas pessoas que fazem você ser especial no meio da multidão.

Sei que... Um cachorro é sempre fiel ao seu dono.

Sei que... A família é o nosso alicerce.

Sei que... Um sorriso de uma criança pode fazer você ‘’ganhar o dia’’.

Sei que... Deus é amor!

Bjs,

Alda 





quinta-feira, 17 de dezembro de 2015

Livro: Adorável heroína

11 de Setembro de 2011... Um dia, que o mundo ficou estarrecido ao ver pela televisão o ataque terrorista, que derrubou as torres gêmeas do Norte do World Trade Center.

Um nome se revelou...Roselle, uma heroína,pois conseguiu tirar antes da queda de uma das torres, o seu dono, Michael.Ela o conduziu do 78º andar até o térreo.

Uma história linda e comovente. O livro relata toda a história de Roselle, até o dia do episódio de 11 de setembro. Que livrooooo...O nome? ‘’Adorável heroína’’, lançado pela editora Universo dos livros.

Michael é cego desde o nascimento e teve a Roselle como seu cão-guia por 12 anos. Conviveram juntos e juntos emocionaram o mundo, mostrando que o impossível é possível.

Leitura obrigatória para quem ama o seu animal de estimação!

Bjs,

Alda 


quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

Livro: A linguagem dos animais.


Cada vez mais, amo ler! Um prazer que foi estimulado na infância e enraizado na fase adulta.

Algumas pessoas acham exagero perder tempo lendo tantos livros ao invés de se divertir nas baladas a noite com os amigos.

Confesso, que se for um programa que eu aprecie, sim, leio o livro outro dia. Mas se for para ficar bebendo e dançando a noite toda, não tenho muita afinidade.

Infelizmente, não tenho muitas amigas que possuam grande amor pela leitura. Algumas só leem assuntos que são relativos a sua profissão ou não foram criadas neste universo chamado "amo ler".

Gosto de passeios mais tranquilos, como por exemplo, passeio na Estação das Docas, Mangal das Garças ou até mesmo caminhada nas ruas pela nossa linda Belém.

Ops, já fugindo do assunto... kkk.Vou compartilhar mais um livro ‘’pra lá’’ de interessante: ‘’A linguagem dos animais – Contos e crônicas sobre bichos’’.

O livro tem os seguintes escritores: Lima Barreto, Machado de Assis, Vinicius de Morais, Irmãos Grimm, Guy Maupassante, Carlos Drummond de Andrade entre outros grandes escritores  e foi lançado pela editora Boa Companhia.

Vou compartilhar um conto muito interessante, entre tantos aqui! Por sinal, esse conto dá o titulo à capa deste livro, que é de Italo Calvino. Vamos lá!

Conta a história de um rico comerciante que tinha um filho que se chamava ‘’Babu’’.O pai, querendo ver no filho um homem de grande sabedoria, pagou seus estudos.

Após um tempo longe de casa, o jovem retornou. O pai não acreditou que seu dinheiro havia sido investido em vão, segundo sua teoria, pois o filho aprendera línguas, porém não do homem e sim dos animais.

O pai ficava contrariado quando ele dizia que podia traduzir o que o cão falava às rãs, entre outros. O pai, furioso, pediu a dois criados que o levassem para um passeio.

Os criados estavam mudos e Babu começou a desconfiar e foi quando os cavalos disseram que o pai havia dado a ordem de matá-lo.

Foi quando Babu disse aos criados o que os cavalos haviam dito e eles disseram que não tinham coragem de matá-lo. Foi quando o seu cachorro apareceu e o seguiu para protegê-lo.

Babu e seu cachorro fugiram. Com o tempo, onde Babu se hospedava ele ouvia os avisos dos animais e acabava salvando muitas vidas.

  Um dia, ouviu o coaxar de duas rãs dizendo uma para a outra ‘’_Vá, jogue a hóstia! Para mim! Para mim! Se não passarem a hóstia para mim, não jogo mais! Você não a segura e acaba rachando! Nós a conservamos inteira por tantos anos!’’ 

Por fim,ele descobre que a filha do camponês que estava doente em cima de uma cama por seis anos, havia jogado, sem o seu pai saber, a hóstia no fosso, por isso estava doente.

Enfim, ele fez com que a menina comesse a hóstia e se convertesse. Então, ela ficou curada. Um dia, em mais uma de sua jornada, conheceu dois homens que iriam para Roma ver a escolha de um novo papa, pois o atual havia morrido.

Em baixo da castanheira, ouviu dois passarinhos comentando que um dos três seria escolhido papa, se uma pomba pousasse em sua cabeça.

Foi o que aconteceu e Babu foi escolhido papa. Babu ouviu um grito que vinha da multidão e, quando viu, era seu pai que havia caído morto de remorso.

Aff!! Que contooooooooo...Este e tantos outros belíssimos estão neste livro!

Mega Super dica de leitura!

Bjs,

Alda