sexta-feira, 10 de julho de 2020

Ahhhh não desista... NUNCA!



Não desista NUNCA dos seus sonhos.
Não desista NUNCA de um grande amor.
Não desista NUNCA de ser feliz.
Não desista NUNCA de ser uma pessoa melhor para o mundo.
Não desista NUNCA de compartilhar o bem.
Não desista NUNCA de VOCÊ!

Sabe por quê?
Por que DEUS não vai desistir NUNCA  de VOCÊ

Diante das adversidades que batem na porta, da perda de um ente querido ou de um sonho ainda não realizado... Não desista NUNCA


Alda de Cássia
Foto:Arquivo Pessoal/Belém

quinta-feira, 9 de julho de 2020

Super dica de leitura: Não era você que eu esperava

Um livro bem atípico quando o assunto é sobre uma criança que apresenta uma deficiência intelectual, e múltipla neste caso, uma criança com Síndrome de Down.

O autor é Fabien Toulmé, que vai contar em forma de quadrinhos o dia que soube que sua esposa estava grávida e que eles teriam uma criança com Síndrome de Down e que para ele foi como ‘’um soco no estômago’’. 

As ilustrações são de Fernando Scheire e foi lançado pela editora Nemo e que, no final do livro, o autor deixa o registro de sua filha Julia deste o primeiro dia, ainda recém nascida, até os dois em uma ‘’conversa de amor’’, que só quem ama incondicionalmente o seu filho é capaz de ouvir o amor sendo ‘’cantado no silencio do olhar’’.

Vamos lá!

Pois bem, são 244 páginas escritas. Ops! Desenhadas que retratam através dos desenhos em quadrinhos a sua ‘’não aceitação’’ pelo nascimento da sua Júlia, assim como todo o processo de ‘’luto’’ que viveu até descobriu o seu amor incondicional por ela.

Confesso que, trabalho em uma Associação que atende crianças e adultos com Deficiência Intelectual e Múltipla e que durante a avaliação de um bebê seja com Síndrome de Down ou Encefalopata (Paralisia Cerebral), vejo e ouço o impacto que a noticia de uma criança traz para estes pais. Mas durante aqueles 30 minutos deixo bem claro que, o fato de buscar atendimento terapêutico para a criança, já é prova de que o amor já aflorou no coração deles, pois só quem ama é capaz de querer que o ser amado seja atendido em suas necessidades de crescer em toda a sua potencialidade e por fim digo para arrematar: Deficiente? São aqueles que não sabem amar e diferentes somos todos nós, porque só assim Deus consegue nos reconhecer em meio a multidão de seus filhos amados.

Super dica de leitura!

Alda de Cássia

segunda-feira, 6 de julho de 2020

Se eu fosse e se você fosse...



Se eu fosse você... Não seria eu!

Se eu fosse o sol... Você seria a Lua? Então, iríamos nos desencontrar. Lamento!

Se eu fosse a metade da laranja... Então, estaria incompleta de mim, pois somos todas laranjas inteiras.

Se eu fosse um pássaro... Queria ser livre. Então, não me prenda em seu coração.

Se eu fosse o rio... Queria navegar serena em sua vida.

Se eu fosse uma rosa... Queria estar em seu jardim.

Se eu fosse um sentimento... Queria ser o  amor.

Se eu fosse a fé... Transbordaria Deus em meu coração.

Se eu fosse eu... EU SOU! E você é você?


Alda de Cássia
Arte:Vitória de Cássia 

sábado, 4 de julho de 2020

O que você aprendeu na vida?




Aprendemos que ...


Que ser amado é bom, mas amar é melhor ainda.

Que sonhar  não basta é preciso fé, coragem e determinação para realizar o sonho.

Que um sorriso, ás vezes, faz toda diferença para quem perdeu vontade de sorrir.

Que palavras curam, mas machucam também.

Que não existe sorte e sim merecimento.

Que trabalhar sem amor é sem luz e não missão a ser cumprida

Que os pais são presentes de Deus e os filhos os laços do presente.

Que se eu quero... Eu quero! Se eu não quero. Eu suporto...Para alguns é bem assim...Infelizmente! 

Que gritar como uma criança não educa e sim a desrespeita na sua condição de criança.

Que é preciso coragem para seguir em frente após uma queda, mas só a coragem não basta, é preciso acreditar em nós para dar o primeiro passo após a queda.

Que aquele que nos magoa hoje, ontem foi ferido pela espada que nos atacou. 

Que é possível realizar um grande sonho quando colocamos ''nas mãos de Deus'' para abençoa-lo"

Que acima de tudo... Aprendemos que podemos perder tudo na vida, mas se ainda a fé em Deus existir em nosso coração, então é hora de recomeçar.

E o que você aprendeu na vida?


Alda de Cássia 

Foto:Arquivo Pessoal -Portugal 



Será que é previso fazer escolhas?




Chega uma hora que é preciso fazer escolhas. Sim, decidir se você deseja continuar caminhando sem condições físicas ou mentais de chegar até o alto da montanha ou assumir que precisa ‘’dá um tempo’’ para cuidar da saúde e da mente para depois refazer seus planos de ação com novas metas para alcançar seu objetivo: o topo da montanha.

Não e verdade? 

Difícil decisão, pois a razão e a emoção entram em conflito, mas é preciso decidir. Jogar a mochila no chão e montar a barraca  para descansar e refletir.
Quanto tempo? O que vou perder com essa atitude? Será que não posso continuar mesmo assim? Será? Será? Seráaaaaa?? Deixe pra lá os ‘’’será’’ e faça o que precisa ser feito.Não é verdade?

Nada de ‘’mimi, mimi’’. Penso que, algumas vezes é preciso sair da estrada  e assumir que o ‘’stop’’ e uma ‘’pause’’ são necessárias, pois assim como interrompemos uma música para atender o telefone ou falar com alguém é possível retornar e tirar a ‘’pause’’ decidindo voltar a escutar ou trocar de música.

Enfim, fazer escolhas para algumas pessoas é perder algo, mas acredito que o ‘’abrir mão de ‘’significa rever o que você leva na mochila pesada que machuca sua  costa e selecionar só o que for essencial para ser carregado, além de você se sentir ‘’mais leve’’ para chegar até o alto da montanha.

Alda de Cássia

Foto: Arquivo Pessoal - Lisboa/Portugal

sexta-feira, 3 de julho de 2020

Usar ou não usar o bebê conforto?








Quando estava dando uma palestra na maternidade no hospital onde trabalho, recebi uma pergunta de um pai: ’’ Posso usar o bebê conforto em casa ?’’. Bem, usar pode, mas conscientizei este pai da importância de manter o filho no ‘’conforto do abraço’’ dele e das ‘’queimas de etapas de desenvolvimento’’ e o pior,a criança fica ''mal posturada'' e o risco de asfixia é grande quando ele é transversal.

É claro que quando diante de uma saída: sim! Mas, nada tão prazeroso que ‘’acalentar, acarinhar’’ o filho. Momento único e especial. Sempre digo para os pais no final da minha intervenção terapêutica: ‘’Você recebeu de Deus um presente grandioso. O melhor presente! Eles vieram ao mundo para serem amados... AME ! Toque beije e estimule!’’.

Pois bem, fui pesquisar nos meus arquivos e encontrei um arquivo na Revista ‘’Pais & Filhos’’, do Dr. Antonio Carlo de Souza Aranha, pediatra antroposófico e vou compartilhar por aqui:

 Para o Dr. Aranha o uso abusivo é em nome da ‘’tal tranquilidade’’ e pode provocar limitações no desenvolvimento da criança nesta fase tão importante que vai do nascimento aos 2 anos de idade.

Segundo ele, existem mudanças significativas no desenvolvimento motor diante do uso prolongado. Ele aconselha os pais a colocarem seus bebês, quando acordados,no chão a partir dos 3 meses.

Ele denomina o sucesso do bebê ao fato de já deixar a criança em uma posição confortável sem muitos esforços motores, para alcançar melhor equilíbrio.

Por fim, ele também fala dos prejuízos do andador, o tal ‘’andajá’’. Neste caso, sempre falo para os pais que entre tantos prejuízos: "Criança não anda...Arrasta". Tem menor equilíbrio na fase do andar, distúrbios motores, na fala, com cognição e prejuízos comprovados no aprendizado, além da diminuição do vínculo mãe/pai/bebê.

Um dia, uma mãe de criança síndrome de Down perguntou: ’’O que faço?Ganhei um andajá novinho? Bem, de forma bem humorada digo: ’’Pendure as roupas do bebê, calcinhas e toalhas de mãos, pois se será prejudicial ao seu filho, não queira dar para outra criança’’.

Enfim, sou incentivadora de posições de ‘’agregamento’’ quando a criança não estiver dormindo. Até falo: ‘’Boa posição para que o seu bebê já sinta o seu amor incondicional. Por isso, converse, cante e conte histórias... Bebê conforto? Ahhhh! Colo é bem melhor que o bebê ‘’fica aí’’ (rsrs)

Alda de Cássia

 *Imagem: Mães Brasileiras 

Super dica de leitura - O menino de olhos assustados



Bem, uma leitura que leva a uma profunda reflexão! O livro é ‘’O menino de olhos assustados’’, da escritora Lúcia Pimentel Góes, que foi lançado pela Editora Paulinas.
Durante a leitura lembrei-me das guerras que matam e mutilam adultos e crianças.

 Uma guerra cruel. Uma disputa por poder que destrói lares e extermina famílias inteiras.

Pois bem, o livro conta a história de duas crianças, Ho Chi e Kim Thiem, que inicialmente veem seus familiares e seu amigo Van Thanh sendo mortos durante os ataques aéreos em sua cidade natal.

O certo é que, a guerra deixou marcas definitivas em seus corações pelas perdas afetivas e em seus corpos que foram mutilados. Ho Chi tinha 8 anos e Kim Thiem 6 anos de idade e sentiram dores gigantescas em seus corpos frágeis.

Ao término da leitura foi possível acreditar que podemos reescrever uma nova história quando a fé e a vontade de ajudar o próximo são as bandeiras da superação, assim como a ‘’Terra da Paz’’ não é uma utopia.

Dica de leitura!

Alda de Cássia 

quinta-feira, 2 de julho de 2020

Será que o tempo é rápido?


Quanto tempo tem o tempo? 24 horas? Não, até porque vou fugir um pouco do tempo cronológico é dizer : ‘’O tempo do meu tempo!" Como assim? Vamos lá, vamos viajar um pouco no tempo do pensamento.

O tempo é demorado, por exemplo quando o tempo de sair para um grande encontro ainda demora para passar. O relógio faz "de indiferente’’ para o nosso desejo pelo encontro.

Os minutos, os segundos as horas estão de folga. Não querem saber de sair do lugar. Até penso que estão marcando o tempo, porque ele sempre quer que eles trabalhem todo o tempo.

O tempo é rápido quando estamos em um momento de prazer, de bem-estar, como quando você viaja para um outro estado ou país e só as fotos servem para relembrar aquela sensação de felicidade em família, por exemplo.

O tempo. Qual o seu hoje? Tempo de recordar boas lembranças ou tempo de planejar grandes voos? Quando estou aqui,passa tão rápido, mas às vezes parece que é uma eternidade.

Hoje, o meu é o tempo presente.Tempo de dar tempo ao passado.Tempo de viver o presente. De se alegar com cada conquista e aprender com cada adversidade.Tempo de união, de solidariedade, de fé e de amor.

Então, devemos aproveitar cada minuto, segundo e hora. Viver intensamente. Dar valor à família e aos amigos. O tempo não volta, assim como aquela palavra não dita ou erradamente pronunciada.O tempo não volta, só a saudade fica.


Alda de Cássia
Arte:Vitória de Cássia 




quarta-feira, 1 de julho de 2020

Seja, seja e seja ...



Não carregue culpas que nunca foram suas... SEJA leve! Culpa é algema presa nas pernas com chave perdida. Não é verdade?

Não faça planos para os outros. Faça os seus para você... SEJA você agente do seu sucesso! Não é bem assim?

Não diga: "Não eu não vou consegui!’’... SEJA determinado: Dê o primeiro passo e depois você resolve se fica parado, volta ou corre para realizar os seus sonhos. Penso assim! E você?

Não critique o outro em suas palavras ou ações... SEJA incentivador e não crítico. Ninguém é dono da verdade, até porque a verdade é um cubo ou um triângulo?

Enfim, todo mundo tem o direito de ser o que deseja ser e aqueles que não exercem este direito não podem querer que o outro seja, o que nunca vão ser. Não é mesmo?

Por fim...Nem todos gostam de cactos,mas o cacto gosta de ser cacto.Viu tão simples assim...Seja uma flor a nascer no cacto.Seja você!Seja original!

Alda de Cássia
Foto;Arquivo pessoal 


Alda de Cássia
Foto:Arquivo Pessoal

terça-feira, 30 de junho de 2020

Super talento paraense - Marco Aurélio

Talento Paraense - Marcos Aurélio.

Portal Revelar Talentos 


Hoje, vamos falar de um talento que sem dúvida alguma tem que ser revelado. Que preciosidade é o trabalho deste artesão! Os detalhes, a harmonia das cores e muita criatividade que faz toda a diferença.

Ficamos encantadas com a perfeição de detalhes deste artista que criou obras de artes dignas de serem expostas em grandes salões de artesanato paraense.

Sem dúvida alguma, Marcos Aurélio possui o dom de transformar massa, conchas e miriti em obras de arte. Cores vibrantes e sapos de bom humor.

Marco Aurélio, com o seu sorriso largo, nos deixou apreciar suas obras de arte, sem ser aquele vendedor que deseja a todo custo vender a sua mercadoria.

Portal Revelar Talentos 

Quem é daqui de Belém, pode conferir seu trabalho na Praça da República nos finais de semana. Só uma sugestão... Vá preparado a ‘’investir‘’, pois eu e a “mana abençoada” se pudéssemos, compraríamos todas as belas obra de arte que estão exposta em sua banca!

E, tem mais... Para quem acredita em crendices populares, o sapo é o símbolo do enamoramento. E quem o tem em casa, ganha um amor ou o mantém sempre perto de si.

Já garantimos, o nosso! (rs)


Alda de Cássia 

*Imagem: Arquio Pessoal 

segunda-feira, 29 de junho de 2020

Pérolas








Bem, hoje quero fazer uma reflexão utilizando a beleza das pérolas. Sim, acredito que seja de domínio público que as pérolas nascem quando um grão de areia cai dentro de uma ostra.

Sabe aquele dia, em que parece que o ‘’teto caiu‘’ e ficamos sem saber o que fazer? Pois é, nestes dias pedimos ajuda. Primeiro, para Deus e depois para algum familiar ou amigo. Mas, como em todo ‘’mas’’, nem sempre nosso amigo e familiar pode ajudar.

Então, Deus, em sua imensa misericórdia, faz com que ‘’aquele problema’’ se transforme em ‘’coragem’’. A coragem para enfrentar. Coragem para seguir em frente. E, acima de tudo, coragem para a transformação.

De fato, aqueles que conseguem ver nos problemas uma oportunidade de superação e crescimento, se transformam. Sabe por quê? Porque o medo, a angústia e a tristeza dão espaço para a fé.

Sempre quando me vejo ‘’sem saída’’, canto no silêncio do meu coração: "Tudo posso naquele que me fortalece. Nada e ninguém no mundo vai me fazer desistir...’’. Sim, é um trecho da música da cantora Celina Borges ‘’Tudo posso naquele que me fortalece!’’

Então, quando um grão de areia (problema), cair na sua concha (Vida), reaja, lute e se transforme em alguém que sabe que, Deus não dá fardo pesado para ombro fraco. Por isso, vá com fé e que a pérola (sucesso), seja seu merecimento.


Alda de Cássia
Foto arquivo pessoal- Évora/Portugal

domingo, 28 de junho de 2020

Será que a gente cresce à medida que Deus cresce em nós?




Confesso que penso que é bem assim, até porque sem Deus não conseguimos ser amor na vida das pessoas que fazem parte do nosso convívio, além de crescer em Deus dentro de nós.à 

Que bela reflexão do Padre Fábio de Melo: ‘’A gente cresce à medida que Deus cresce em nós’’. Bem quem nos acompanha por aqui já deve ter notado que vira e mexe e mexe e vira coloco frases reflexivas do padre Fábio de Melo.
O motivo? Ele, mesmo sendo padre, passou e passa pela luta de vencer a Síndrome do Pânico. Confesso que sua revelação no Programa ‘’Fantástico’’ da Rede Globo me surpreendeu.

Por quê? Deve ser porque, ele é um homem que fala do amor de Deus em suas pregações e canta Deus, então, o revelar em forma sofrida suas dores emocionais e a luta por dias de luz em meio a escuridão foi tão comovente.

Deus cresceu dentro dele diante da doença que atinge muitas pessoas no mundo todo e, por isso, ele é um exemplo de superação tendo a fé como o seu melhor remédio de cura.

Enfim, desejo que Deus cresça em nossos corações todos os dias para que sejamos luzes na vida daqueles que partilham a nossa existência, pois ‘’A gente cresce à medida que Deus cresce em nós’’.

,Alda de Cássia  

Foto arquivo pessoal: Portugal 

sábado, 27 de junho de 2020

O amor de Deus em nossas vidas




Assisti, há poucos dias, uma palestra proferida pelo padre Fábio de Melo. Era uma palestra cujo tema era: "O segredo da bem-aventurança’’.

Fiquei encantada pela forma como ele conseguiu falar sobre a felicidade. Sim, ele falou de amor, perdas, sofrimento, incerteza, infelicidade, luta, coragem, vida, morte e sobre Deus.

O amor de Deus em nossas vidas. Deus é amor. Sendo amor, então não combina com a infelicidade. Segundo ele, pode existir o sofrimento no amor, mas não deve haver a infelicidade.

Ele nos convida a mergulhar nos mistérios da felicidade que brota de Deus. Uma felicidade, que não cai do céu, não é fácil. Sobre ela, Jesus ao subir na montanha proclamou: ‘’Felizes os pobres de coração, deles é o reino dos céus. Felizes os que choram, pois eles serão consolados... Felizes os corações puros, eles virão a Deus’’.

Incoerentes as palavras de Jesus? Como se pode ser feliz chorando? Os que choram serão consolados? Onde está a felicidade? O padre Fábio de Melo pergunta.

Ele faz uma analogia entre a felicidade e o poço. Segundo ele, Deus não mora na simplicidade, pois é preciso ir mais fundo, como para apanhar água dentro de um poço.

Existe sacrifício de retirar, mas a alegria de ter valido a pena. Assim é a felicidade. Por isso, só podemos falar de alegria, se antes soubermos falar de tristeza.

Padre Fábio de Melo disse algo que me levou a refletir: ‘’Somos a soma de tudo que fomos capazes de preparar. Até conta a história da cigarra, que passa quase um ano debaixo da terra, solitária para depois subir à superfície e cantar.

O nosso amadurecimento afetivo, segundo ele, vem do empenho, da luta por dias melhores. Não há ser humano completo sem sofrimento e diz mais: ‘’o sofrimento de uma caminhada vale a beleza da chegada’’.

Por fim, ele fala que só sabe ser feliz, quem de fato viveu a tristeza’’. Deve ser por isso, que tenho plena convicção que, as dificuldades que passamos na vida, as decepções, as tristezas das perdas, nos fortalecem para a luta diária.

Penso: Deus não nos abandona nas horas difíceis e sim, nós que, enfraquecidos pela dor, nos rendemos ao sofrimento. Por isso, olhamos para baixo ao invés de olhar para o céu.

Dica de Palestra!

Alda de Cássia 
Foto de arquivo:Alda de Cássia 

sexta-feira, 26 de junho de 2020

Quem nunca pagou um mico federal?


Sempre tem alguém pagando ‘’mico’’ neste mundo a fora. É claro, mais que evidente, que eu estou nessa!(rs).Como diz o nosso pai, eu tenho ‘’chama’’ para ‘’tudo’’(rs)

Bom, a situação foi essa que hoje vou compartilhar com você. Eu estava em viagem a trabalho para São Paulo, quando resolvi levar uma ‘’lembrança fotográfica’’ do hotel onde estava.

Sabe quando você não sabe o que fazer sozinha em um quarto de hotel, em uma noite fria paulistana? Pois bem, inventei de fotografar o quarto para a "mana abençoada".

Havia lido já os informativos na porta do quarto, entre eles: ’’Qualquer dano ao quarto, desde objetos quebrados a alarme falso de incêndio, será de responsabilidade do hospede os prejuízos causados ao hotel.

Sim!Já sabia!Sem problemas. Estava ‘’zen’’ vontade de quebrar nada (rs).Foi aí que então, peguei a minha máquina de fotografia e mirei no quarto.Foi quando disparou um rápido alarme de incêndio...Meu Deussssssssssssssss...Tudo acabado...Vou ter que lavar louça para pagar o prejuízoooo...(rs).

De imediato, tinha que me livrar da prova do crime. Joguei a máquina na bolsa e joguei a bolsa no armário. Pulei para cima da cama. Arrepiei os cabelos. Joguei os óculos na mesinha. Puxei o edredon e rezei para ninguém aparecer...

No mínimo iria dizer que estava dormindo, ou melhor, que era sonâmbula e tinha deficiência auditiva, por isso não havia ouvido o alarme tocar... (rs)

O pior foi que quando cheguei aqui em Belém ao olhar as fotos tiradas naquele dia do hotel... Ela estava não só tremida ,mas havia tirado foto do meu pé(rs)...MICOOOO  FEDERALLLL! ( rs)

Alda de Cássia 
Arte: Vitória de Cássia 

quinta-feira, 25 de junho de 2020

Você é uma pessoa interessante?










Assistindo um vídeo do padre Fábio de Melo (Aprendendo com as dificuldades) copilei a seguinte reflexão: ‘’As pessoas mais interessantes que você encontrou pela vida são aquelas que souberam administrar bem os seus conflitos, as lutas, as dificuldades, pois são os conflitos, as dificuldades e as expulsões que vão nos amadurecer. Nós vamos descobrindo novas formas de ver quem somos a partir das dificuldades. É assim que crescemos! É assim que vamos crescer! A regra não vai mudar... Não..Precisaremos enfrentar os nossos conflitos se quisermos, se pretendemos alcançar o que temos de melhor e que ainda está adormecido em nós’’.

 Bem fiz esta copilação,  coloquei no Instagram e agora faço a minha reflexão. Mas vou começar perguntando a você: ‘’Você é uma pessoa interessante?’’. Sim, ou não?Pois bem, pense por aí que penso por aqui e vamos continuar saindo da nossa zona de conforto. Tem que pensar. Ok?

O que é ser interessante? Pois bem, eu vou falar por mim... Seria uma pessoa que você sabe de uma parte da vida dela e admira as suas superações... Seria uma pessoa que teve todos os motivos para ser a ‘’pior pessoa do mundo’’ e se ‘’tornou uma das melhores’’ porque, soube ‘’tirar’’ do amor de Deus o que há dentro de si forças para continuar caminhando e levando ao seu lado aqueles que não a abandonaram nos momentos mais difíceis, em que só a ‘’luz’’ do amor de Deus ‘’iluminava’’ o seu caminho...Seria uma pessoa que nos olha com a pureza de um bem querer que nos deixa ser acalentado pelo seu olhar...Seria uma pessoa que ...Pois é ...Seria...Aquela que amadureceu no tempo dela, no tempo certo e no tempo de Deus.

Pois então, você é uma pessoa interessante? Sim? Então, espero que você esteja na ''lista'' das minhas pessoas interessantes e especiais.Não? Não na minha ''lista''? Nãoooooo acredito...Quero conhecê-lo(lá) então, pois você vale a pena fazer parte da minha ''lista'' pessoa especial. Ok?

Alda de Cássia  

* Imagem: Hospital Samaritano 

quarta-feira, 24 de junho de 2020

Super dica de leitura: Autores e Ideias






Bem, se você pretende ser uma escritora ou um escritor, ele é excelente por causa da diversidade de escritores brasileiros que em 268 páginas mostram porque são tão consagrados no oficio de encantar os leitores com belas obras literárias.

Ah! Se você não pretende ser escritor(a), mas gostaria de conhecer um pouco do universo literário deles e saber como surgiu o nome de seus livros, quais os livros recomendados, um livro marcante, indicações de livros e até quais os livros que já leram ou estão lendo então, este é um livro de leitura obrigatória.

Qual o livro? Pois bem: ‘’Autores e Ideias’’, da jornalista Mona Dorf, e que foi lançado pela editora Benvira. O livro é resultado do seu trabalho de entrevistadora, que durante os 4 anos em que comandou o Programa Letra @Leituras fez mais de 500 entrevistas com vários escritores.

Poxa, que pena que não poderei colocar os pensamentos de alguns dos grandes escritores brasileiros por causa dos direitos autorais, porém vou citar com as minhas palavras o que o escritor, quadrinista, artista gráfico, roteirista e também ator Lourenço Mutarelli respondeu diante da pergunta: Definição de um bom livro?

Bem, ele disse que era aquele que até na última página fosse capaz de fazer você ser uma pessoa diferente daquela que iniciou a leitura da primeira página, ou seja, alguma coisa deverá ter mudado.

Concordo plenamente e este sempre foi o meu propósito quando publiquei o primeiro livro de contos:’’Contos Terapêuticos: À Procura de Respostas’’ e deverá ser com os próximos livros que irei publicar.

Sabe por quê? Porque, desde que me apaixonei pela leitura de bons livros, eu nunca terminava o livro sendo a mesma pessoa. Sim, alguns autores me faziam ser a protagonista da história e eu terminava a leitura sendo uma princesa ou um dragão.(rs)

Enfim, até digo que sou um pouco dos personagens dos contos que criei desde a borracha de baixo do berço do Paulo do conto ‘’A borracha’’, até uma das vogais do conto "A fuga das vogais’’.

Mega indicação de leitura!

Fantástico!!!!

Alda de Cássia 

 *Imagem: Mona Dorf

terça-feira, 23 de junho de 2020

O amadurecimento...




Em um áudio no YouTube (Relacionamento Perfeito) o padre Fábio de Melo disse: ‘’O amadurecimento não é o acúmulo de tempo e sim de experiências ‘’ .Creio que sim!Quem nunca aprendeu com  as suas experiências de vida?

Eu sim!Muitosssss aprendizados. Confesso que alguns felizes e enriquecedores, mas alguns poucos doloridos e sofridos. Se eu gostaria de esquecê-los? Não, não nem os alegres e nem os tristes.

Por que Alda? Por que foi a partir deles que refleti, reavaliei e aprendi que é preciso fazer novas escolhas e buscar novos caminhos para seguir em frente. Penso que somos responsáveis por cada palavra proferida, cada atitude adotada.Não é mesmo?

Sempre busco ter sabedoria para resolver os problemas que ‘’batem’’ na minha ‘’porta’’.Ser justa quando se faz necessário e não se injusta com atitudes de julgamentos e condenação, até por que Deus não culpa e não julga.

Enfim, o tempo passou. Cresci sendo ‘’regada’’ pelo amor dos meus pais e aprendi a utilizar o que aprendi com eles e na vida. O que percebi? Percebi que todas as mudanças e as escolhas foram pontuais no tempo que haviam de ser...Amadureci não ‘’nos trancos e barracos’’ , mas no tempo certo.No meu tempo.No tempo de Deus!

Alda de Cássia
Foto arquivo pessoal: Terreiro do Paço/Lisboa

segunda-feira, 22 de junho de 2020

Será que você é luz?





Sim!  Que possamos ser luz na escuridão! Que amar seja grandioso tanto quanto ser amado! E que não veja no outro o meu adversário e sim meu companheiro(a) de jornada, pois todos temos uma missão a ser cumprida na terra.

Somos filhos de um mesmo Pai Misericordioso. Que não faz a distinção dos seus filhos. Todos são focos de luz em cada ''pedaço'' da terra.

Ser luz é ser digno de merecimento e não depender da sorte para conseguir algo. Ser luz é não ter inveja do outro e sim ficar feliz pela conquista merecida. É buscar'' iluminar'' quem está ao nosso lado.Não é verdade?



Que possamos irradiar luz por onde passarmos. Como fazer?Ter bons pensamentos, agir de forma ética e justa. Sermos generosos, humildade para reconhecer os erros e ter um coração repleto de amor de Deus e  que no final do dia possamos colocar a "cabeça no travesseiro" e perguntar: Será que, Deus ficou feliz pelo que fui hoje?"

Alda de Cássia 
Foto:Arquivo Pessoal 

domingo, 21 de junho de 2020

Dia abençoado!



Dia especial ...Somando mais um ano de vida!!Uhhhhhh!Não só meu como da minha irmã gêmea!O que falar?Gratidão!O que escrever?Simplesmente vou copilar a música do Leandro Borges: Deus e Eu, pois traduz o meu momento atual.
Gratidão pelos momentos inesquecíveis  junto com ela!
O link da música está no Blog Diário das Gêmeas Paraenses!
Deus e Eu

Porque existem coisas
Que é só você e deus
(E mais ninguém)
E mais ninguém
Sinta o espirito santo te abraçando nessa noite
Oh, aleluiah
Não conte os teus maiores sonhos a ninguém
Não mostre a sua ferida para quem não tem
Remédio pra curá-la e forças para te erguer (o que?)
Não, não, não, não
Não se lamente para quem quer ver tua dor
Não mostre sua fraqueza aos inimigos seus
Mostre só pra Deus
Não chore para quem não sabe decifrar
A lágrima de sofrimento em teu olhar
Existe um lugar que é próprio para isso
É você e Deus, é no altar
Quando eu contei meus sonhos para alguém
Me disseram são grandes demais pra você
Quando falei onde queria chegar
Me disseram pare por aqui não vá além
Mas com Deus foi bem diferente
Ele me disse vá em frente eu contigo estou
Quando eu senti medo de seguir
Ele disse, "Leandro
Prossiga eu te fiz pra ser um vencedor"
Desde então eu nunca mais me limitei
Eu guardei no coração as palavras de Deus
Descobri que os planos Dele para mim
São muito maiores que os meus
E agora?
Eu vou chorar pra Deus, vou contar tudo pra Deus
Vou fechar a porta do meu quarto
E ficar a sós com Deus, só ele e eu
Eu vou mostrar pra Deus todos os sonhos meus
Tudo em seu altar eu entregarei
A partir de hoje é Deus e eu e mais ninguém
Lugar de rasgar alma é na presença de Deus
Não desabafa no Facebook, não, Faz o que Mateus 6 e 6 diz
Entra no quarto, feche a porta e conta tudo pra ele, conta em segredo
Por que publicamente ele vai te honrar
E hoje, hoje eu sou igual criança mimada
Não pisa em mim que eu conto tudo pro meu pai
Eu conto
Eu vou chorar pra Deus, vou contar tudo pra Deus
Vou fechar a porta do meu quarto
E ficar a sós com Deus, só ele e eu
Eu vou mostrar pra Deus todos os sonhos meus
Tudo em seu altar eu entregarei
A partir de hoje é Deus e eu e mais ninguém
A partir de hoje é você e Deus e mais ninguém (e não se fala mais nisso)
Fonte: LyricFind
Compositores: Leandro Borges Pedro
Letra de Deus e Eu © Sony/ATV Music Publishing LLC