terça-feira, 28 de abril de 2015

Revista: Gênios da Humanidade.

Muito interessante esta revista, "Gênios da Humanidade" publicada recentemente pela editora Alto Astral. Um pouco desses gênios, que mudaram o mundo com seus talentos, suas ideias e invenções.

Gênios da Matemática, Química, Astronomia e Física são retratadas de uma maneira bem objetiva e concisa. Por exemplo, o gênio da Física, Stephen Hawking, traz sua trajetória, curiosidades, livros, cinebiografias assim como, a origem da genialidade de cada um.

Cito alguns: Albert Einstein, Benjamin Franklin e Isaac Newton da Física. René Descartes e Blaise Pascal, da Matemática. Assim como: Galileu Galileu e Robert Hooke, da Astronomia, entre outros grandes gênios.

Bem agora, vou falar de Alberto Santos Dumont, um brasileiro que fez história na aviação que foi brilhantemente retratado nessa revista.


Ele nasceu no dia 20 de julho de 1873, em Minas Gerais. Em 1891, aos 18 anos, foi morar na França onde completou os seus estudos e levou consigo o sonho de voar.

Assim que chegou, comprou um automóvel movido a combustão e, assim, promoveu a primeira corrida de automóvel em Paris.

Em 1897, com um balão alugado, fez o seu primeiro voo. Após essa aventura, passou-se 1 ano. Então, ele voltou a voar,agora com um balão construído por ele, o balão "Brasil’’.

Ainda hoje, existem polêmicas, já que não o consideraram como o inventor do avião e sim os irmãos americanos Orville e Wilbur Wright.

Só que, na verdade, os irmãos temendo serem copiados não o tornaram pública sua descoberta e, além do mais, o avião era lançado por uma espécie de catapulta, pois não possuía rodas.

Segundo a Wikipédia: ’’O 14-bis, também conhecido como Oiseau de Proie (francês para “ave de rapina”), foi um avião híbrido, construído pelo inventor brasileiro Alberto Santos Dumont em 1906 e testado entre os dias 19 e 23 de julho desse ano na cidade de Paris, França, sendo o primeiro objeto mais pesado que o ar a projetar-se do solo por impulsos próprios, superando a gravidade terrestre, o atrito do ar e as leis básicas da física.’’

O certo é que ele é considerado o ‘’Pai da Aviação’’, um jovem que superou todas as dificuldades, uma figura ‘’ímpar em toda historia da humanidade’’.

Dica de hoje!

Bjs,

Alda

Fonte das ilustrações: Google