segunda-feira, 31 de dezembro de 2018

Esperando 2019





Pois é...O Diário das Gêmeas Paraenses está em plena finalização dos seus trabalhos de 2018.Sim, foi um ano muito produtivo!Uhuuuu!!! Eu e a ‘’mana abençoada’’ compartilhamos belas mensagens, curiosidades, músicas que tocam a alma e vivificam o espírito, assim como compartilhamos dicas de livros e um pouco de tudo que é belo na nossa linda Belém do Pará.

Sem pavulagem, manas e manos, mas foi um ano muito bom por aqui e principalmente, em nossas vidas tanto pessoais e profissionais. esperamos que tenha sido assim com vocês.

É claro que, as adversidades nos tiraram do rumo algumas vezes, mas não da nossa meta de chegar ao nosso destino. Ajustamos as velas e a bússola.

Pegamos algumas tempestades, mas o sol brilhou a maior parte do ano. Bem, o nosso desejo agora é relaxar. Comer uma pipoca bem gostosa e tomar aquele suco geladinhooooooo...''Deus é PAI !!!!'' (rsrs)

E bem certo que, a coleção ‘’Uhhh literário’’, onde compartilho mais de 300 livros, já lidos e comentados, não será extinta e nem a mais recente, que foi criada no segundo semestre e que fala sobre ‘’Incluir & Inclusão’’.

Sim, sabemos que o ‘’G+’’ vai acabar em Agosto de 2019, mas já estamos buscando outros sites de hospedagens para continuar os nossos compartilhamentos.

Enfim, daqui a pouco, o ‘’Ano Novo’’ chegará fazendo o seu ‘’oba, oba’’. Por isso, desejamos que vocês continuem a nos seguir e ratificamos em sempre publicar o que faz bem para o corpo, mente e espírito.

FELIZ   2019!!!  Uhhhhhhhhh!!!! ''' 



Bjs,
Alda de Cássia

 *Imagem: Pixabay 

domingo, 30 de dezembro de 2018

‘’Conflitos e dificuldades nos amadurecem’’

Palavras sabias do Padre Fábio de Melo: ‘’Conflitos e dificuldades nos amadurecem’’.Você concorda? Confesso que não estou ‘’pronta’’, mas já estou quase ‘’madura’’ para cair do galho. (rsrs)

Tanto que sempre estou vestindo o meu melhor sorriso, pois já chorei demais e aprendi com cada lágrima. Nunca me vi na obrigação e necessidade de ‘’justificar’’ o que faço e escrevo, pois me sinto livre para expressar o que sinto e penso.

Já consigo lidar com as adversidades da mesma forma que lido com as criticas: não dou importância, mas paro para refletir e caso necessário rever posicionamentos.Fácil?Não, não, mas necessário!

Bem, aprendi e aprendo a me resignificar todos os dias, pois é preciso ter a oportunidade de mudanças. É claro que ninguém muda de uma hora para outra, até porque, é preciso estar ‘’madura’’ para adotar uma nova postura. Não é mesmo?Qual a sua opinião?

Bjs,
Alda de Cássia

 *Imagem: Concepto de -Definicion 

sábado, 29 de dezembro de 2018

Game over no escape do xixi







Sim, este é o título de um artigo da Revista Saúde é vital! Que interessante, pois foi escrito por André Biernath e Diogo Sponchiato na seção Medicina.

É bem curtinho o artigo, mas grande em conhecimento, até porque não sabia que os videogames podem ser também utilizados em pacientes que possuem incontinência urinária.

Pois bem, os profissionais da Universidade de Montreal, no Canadá, utilizam os videogames em mulheres com mais de 60 anos de idade que possuem dificuldade de ‘’segurar o xixi’’.

Participaram 24 pacientes que tinham um objetivo ‘’ mexer o esqueleto em jogos de dança’’.Segundo o fisioterapeuta Chantal Dumoulin, o exercício feito fortalece os músculos do assoalho pélvico e que com o passar do tempo fica enfraquecido.

O uso da dança virtual até favoreceu a adesão dos pacientes à Fisioterapia, mas existem as restrições. Por isso, pela recomendação do urologista Carlos Alberto Bezerra é preciso ter cautela, já que pacientes que possuem problemas ou limitações de movimentos não são indicados.

Bjs,
Alda de Cássia

 * Imagem: G1- Globo.com

sexta-feira, 28 de dezembro de 2018

Livro: Histórias de fadas


AMEIIII...AMOOOO ler contos e escrever...Confesso: Não havia lido nada tão bem articulado e trabalhado quanto estes contos. Qual o livro? ’’Histórias de fadas’’, de Oscar Wilde, lançado pela editora Nova fronteira e faz parte da coleção ‘’Meus primeiros livros’’.

Qual o conto escolhido? Pois bem, antes de falar um ‘’pouquinho’’, quero dizer que fiquei incomodada com o conto "O amigo dedicado’’. No conto ‘’O rouxinol e a Rosa’’, a sensação foi de ‘’ingratidão’’, mas o conto ‘’ O gigante egoísta’’, provocou a certeza de que é possível mudar suas atitudes imediatas egoístas e tornar-se uma pessoa melhor. Por isso, vou compartilhar sobre ele.

Fala sobre um gigante que morava em um belo jardim, no entanto ele não desejava dividir o espaço com ninguém, uma vez que, para ele, só ele poderia ouvir os passarinhos cantando, ver a beleza das flores e tantas belezas da natureza.

Um dia algumas crianças aproveitaram a ausência do gigante e foram brincar por lá, até que ele chegou e ficou contrariado pelo abuso e construiu um muro.

As crianças ficaram muito tristes, mas não puderam pular o muro, pois tinham medo do gigante. Só que, o jardim começou a viver no inverno e a primavera, o verão e o outono não mais chegavam ao jardim.

Bem, a história é longa e muito bela, mas a única coisa que posso falar é que um ‘’menininho’’ fez o coração do gigante egoísta sentir que o egoísmo deixa o nosso coração sempre frio e desumanizado.

Enfim, o conto é uma bela reflexão de que as pessoas egoístas acabam sozinhas e nada é tão triste que querer todas as coisas do mundo e ser isolado pelo mundo.

Super dica literária!

Bjs,
Alda de Cássia

*Imagem: Traca.com br

quinta-feira, 27 de dezembro de 2018

Os efeitos do cigarro no cérebro



Pois bem, na seção ‘’Papo-cabeça’’, na revista ‘’Saúde é vital’’, encontrei um artigo bem interessante que fala sobre o mal que o cigarro faz não só aos pulmões, mas em outros órgãos.

O texto é de Thai Szegö chamado: ‘’Os efeitos do cigarro no cérebro’’ . Um texto bem explicativo que vou compartilhar por aqui, mas vou recontar um fato que aconteceu e que faz link para este artigo.

Foi bem assim: Saía do meu trabalho e fui comprar pães para os meus ‘’filhos grandes’’, meus pais. Na fila, uma senhora que estava em minha frente pediu um maço de cigarros.

O surpreendente é que o rapaz deu um maço com uma foto de um homem na UTI, entre a vida e a morte, e ela então falou: ‘’Me dá um outro, pois não quero este com a imagem aqui, me dá um menos ruim’’.

O rapaz deu um '‘sorriso amarelo’’, ou seja, sem graça e viu um ‘’menos ruim’’,ou seja, menos chocante em relação às consequências devastadoras do uso do cigarro.

Surpreendente não é mesmo?

Vamos lá!

Em uma pesquisa britânica, foi constatado que o ‘’fumar’’ pode afetar o aprendizado, a memória e o raciocínio lógico, além de outros males ditos por aqui.

Foi feito um teste com mais de 9 mil pessoas, em que foi comprovado pela Universidade King´s College de Londres, na Inglaterra, os males cognitivos do cigarro.

Segundo os pesquisadores o cigarro danifica as partes do cérebro e aumenta o risco de derrame e infarto.O pior é que  ocorre lentamente.

Enfim, cigarro é um vicio destruidor para quem fuma ativamente e quem é o fumante passivo e isso não é raro, até porque já atendi pacientes que nunca fumaram, mas estavam adoecidos em sua respiração, já que conviviam com pessoas que fumavam mais de 3 maços por dia.

Bjs,
Alda de Cássia

 *  Ilustração: Revista Fashion News 

quarta-feira, 26 de dezembro de 2018

O poder da música




Bem, quem me conhece sabe que gosto muito de escutar música, principalmente, clássicas e instrumentais e as utilizo em meus atendimentos de terapia ocupacional.

Sim, ela é utilizada como mais um recurso nas minhas intervenções, porém, antes de utilizá-las fui fazer uma pesquisa e descobrir fatos curiosos e importantes.

Vou citar alguns deles:

ü A música não pode ser utilizada aleatoriamente em um atendimento terapêutico, pois pode provocar euforia, apatia, tristeza e até favorecer um ataque de epilepsia.

ü Na Finlândia, os pacientes pós-AVC (acidente vascular cerebral), o que muitos chamam de ‘’derrame cerebral’’, podem ser favorecidos em sua reabilitação funcional.

ü Em São Paulo, a 5 ª Sinfonia de Beethoven é utilizada também para tratamento de câncer.

De fato, tenho percebido o poder da música em meus atendimentos e sempre que posso as utilizo na clínica médica e na maternidade.

Enfim, sou ‘’movida’’ a tudo que me faz sentir conexão com Deus. Sim, quando estou aqui, digitando ou no trabalho, não deixo de ficar sintonizada numa energia que transcende o real e o imaginário.

Bjs,
Alda de Cássia


* Imagem: IPEM

terça-feira, 25 de dezembro de 2018

FELIZ NATAL !




 Hoje é Natal ! Dia de comemoração! Nasceu Jesus !!!

Vou lhe fazer uma pergunta. Pode ser? Só uma perguntinha, prometo!

Como amanheceu seu coração? Esperançoso, emocionado ou reflexivo? Bem, o meu amanheceu reflexivo. Mais um Natal . Peraí ... mais um Natal e eu não sou a mesma pessoa do Natal passado, certo?. O que mudou? Um pouco do visual, mas o mais importante foi o meu modo de ver a vida com outros olhos. Alguns sonhos se realizaram, outros não e outros estão por vir. Ouço mais as pessoas e falo menos. Tento colocar-me no lugar do outro com mais frequência que o Natal passado. E estou cheia de planos para 2019. Como diz a mana Alda: “Sim, onde você quer chegar Vitória?” Quero chegar no seu coração. Tentar ouví-lo mesmo que distante, pois hoje é um dia especial. A atmosfera é outra! Pessoas se confraternizando, presentes sendo trocados, famílias reunidas, amigos encontrando-se e os sentimentos misturando-se entre alegrias e saudades. Isso é Natal !!! Bem, deixo aqui a minha mensagem de Natal, juntamente com a “mana abençoada”... Neste Natal faça a diferença. Como assim? Feche os olhos e escute o que seu coração diz e então, realize o que vai lhe fazer bem e, quem sabe, a outras pessoas. É tempo de irradiar alegrias e muita paz. Desejamos a você e a sua família .............................. UM NATAL ABENÇOADO !!!

Bjs,
Vitória de Cássia  e Alda de Cássia 

*Arte: Vitória  de Cássia 

segunda-feira, 24 de dezembro de 2018

Livro: Natal – Tradições, histórias e curiosidades da festa mais esperada.


Bem, minha amiga Jacy me fez o convite para participar de uma contação de histórias em uma loja no final de semana, uma vez que um grupo de empresários do setor logístico resolveu promover suas vendas no ‘’Égua na Brás’’.

O que fiz? É claro que aceitei, mas antes tivemos de nos preparar por isso, compramos este livro na Edição Paulinas: ‘’ Natal – Tradições, histórias e curiosidades da festa mais esperada, da escritora Ines Belsky Lagazzi e que foi lançado pela editora Paulinas.

Fala sobre ‘’O Natal na Bíblia’’, ‘’O Natal e a Festa’’, ‘’O Natal no mundo’’, ‘’O Natal nas histórias e lendas’’ e o ‘’Natal e as poesias’’. São 166 páginas ricamente ilustradas.

Resolvi compartilhar uma poesia com vocês hoje e convido vocês, mana e mano, a lerem o livro na íntegra, pois é muito interessante e serve como um bom presente.

                   Luz do Natal

Uma luzinha na janela,
O que faz?...
Quer iluminar a noite
para Jesus que virá

Uma luzinha na porta,
O que faz?...
É o convite ao peregrino
que virá pedir pousada
Uma luzinha na estrebaria,
O que faz?...
Acenderam-na para Maria
que logo vai chegar...

Acenderam-na por amor,
para a glória do Senhor,
luz querida, luz amiga,
da fé, doce amiga .

(Tina Romei Correggi)

Dica de hoje!

Bjs,
Alda de Cássia

 *Imagem: Paulinas

domingo, 23 de dezembro de 2018

Os rins pedem exercício? Será que previne a formação de pedras nos rins?





Você sabia que atividades físicas regularmente ajudam a evitar doença renal crônica e até cálculos? Pois é, está na revista "Saúde é vital." Que interessante! Não é mesmo? Sabemos ou deveríamos saber que quando ingerimos pouca água a chance de ter pedras nos rins é real.

No hospital, onde trabalho forneço informações sobre saúde, até porque sabemos que qualidade de vida também passa por cuidados com a saúde e é preciso promovê-la e conhecer a causa do possível adoecimento.

Vamos lá!

O texto é de Theo Ruprecnt e as ilustrações são de Erika Onodera com o design de Fernanda Didini.Bem, no Pubmed, que é um site do governo americano, é possível ler artigos de pesquisas muito interessantes.

Segundo Nestor Schor, nefrologista da universidade Federal de São Paulo, os estudos e pesquisas são recentes. Tanto que, em um hospital na Turquia foi comprovado que pessoas mais ativas possuíam uma função renal mais preservada.

E sabido que a hipertensão e a diabetes causam lesão os rins. Por isso, uma dieta balanceada feita por uma nutricionista, acompanhamentos e exames periódicos, são fundamentais para detectar precocemente problemas renais.

Você sabia que os rins influenciam na saúde do coração? Pois bem, eu não sabia e agora consigo entender, porque o cardiologista sempre pede exames de urina e outros relacionados ao bom funcionamento  renal.

Será que fazer atividades físicas previne as pedras nos rins? Bem, segundo a Universidade de Washington, nos Estados Unidos...Sim! Os riscos são de até 31% menores de ter a formação das pedras.

Enfim,vamos nos exercitar, "manas e manos", já que, pedras só possuem valor em construção civil! ( rssrs)

Bjs,
Alda de Cássia
  
 * Imagem: Jornal O Globo 

sábado, 22 de dezembro de 2018

Livro: Momentos a Sós


Um livro de pura reflexão! São 180 páginas com pequenos textos, mas de grandiosas mensagens de sabedoria. Qual? ‘’Momentos a Sós’’, de Iran Ibrahim Jacob, que foi lançado pela editora Vozes.


Vamos lá!

Bem, não dá para colocar todas as mensagens que gostaria de compartilhar com você, então vou colocar uma que acredito que me fez refletir muito.
E espero que você possa ler o livro na íntegra!



Decida-se sobre sua vida.



É hora de refletir, parar e pensar sobre o que realmente você deseja conseguir.

Analise seus gostos, tendências e aspirações. Dirija sua vida e não permita que ela o comande.Trace metas, planos e objetivos. Lance-se, a partir daí, na busca das realizações de suas vontades, com muita garra e coragem. Diga: ‘’Eu sou forte, eu conseguirei’’.

Mentalize positivamente o sucesso de sua jornada para que todos os seus desejos sejam realizados.

Vamos refletir!

Bjs,
Alda de Cássia

*Imagem: Traca

sexta-feira, 21 de dezembro de 2018

‘’Quando somos muitos complexos, nos perdemos nas nossas escolhas’’







Bem, verdade! Padre Fábio de Melo foi coerente quando disse que, ‘’Quando somos muitos complexos, nos perdemos nas nossas escolhas’’, pois acredito em sua reflexão.

Por que complicar? Por que complicamos as coisas? Por que somos tão complexos e não buscamos a simplicidade da vida? A vida não é complexa e sim, algumas  vezes nos tornarmos complexos...Quase um cubo mágico depois de virado várias vezes. Você concorda comigo?

Aprendi que na vida existem problemas e soluções. Como disse um dia para o diretor e grande amigo: ''Trago soluções e não problemas, pois quem gosta de problema é professor de matemática que ainda recebe para resolvê-los.

Então, para que resolver uma raiz quadrada de 3 números, se não consigo resolver uma de dois algarismos. Não é mesmo? Por isso, não complico o que pode ser tão simples e assim não me perco em problemáticas sem respostas exatas.

Bjs,
Alda de Cássia 

 * Imagem: Em busca de si mesmo 


quinta-feira, 20 de dezembro de 2018

‘’Tenha fé’’







Será que é possível ouvir durante um momento de desespero ‘’tenha fé’’ e ter fé? Bem, sei que é difícil, mas sempre digo que podemos perder tudo, tudo mesmo, menos a fé!

Meu compartilhamento é fruto de um fato acontecido em meu trabalho. Já estava quase de saída quando eu e uma técnica enfermagem fomos surpreendidas pelo desespero de uma acompanhante de paciente.

De imediato, larguei as evoluções e ela as papeletas e corremos para saber o que era. Pensávamos que era algo acontecendo com uma paciente, mas não!

Na verdade, a irmã de uma paciente havia recebido a noticia que o filho havia sido internado e ela se desesperou deixando as outras pacientes em inquietação e choro pelo susto.

Foi difícil levá-la até a emergência, pois o que ela queria era sair do hospital para ver o filho. Só que ela tremia e chorava. Era hipertensa, por isso a minha preocupação e das técnicas que agora eram duas.

Pois bem, ouvi e vi seus desesperos e algo me chamou atenção. Ela pedia para ficar no lugar do filho.Pedia para que Deus não tirasse a vida do filho  e sim dela.

Em outro momento, já sabendo que o filho estava em casa, ela pediu que a doença fosse para ela, pois como o filho havia sido ‘’libertado’’ da doença, agora ela estava pronta ‘’para receber a doença’’.

Intervi como terapeuta ocupacional desde que desci até a chegada do marido e uma palavra eu mencionava do inicio até o fim por mim: ‘’Tenha fé!’’.

Enfim, quando diante dos agradecimentos a Deus pela vida do filho e a chegada do marido, eu simplesmente tirei algo que estava no bolso do jaleco e dei: Um terço!

Naquele momento que entreguei o terço... Eu não era a terapeuta ocupacional e sim alguém que não havia perdido a fé, pois Deus cuida de todos nós e nunca nos abandona nem na dor que dilacera o coração de uma mãe... DEUS estava cuidando dela e do filho!

E você teria fé diante do desespero?

Bjs,
Alda de Cássia  

 *Imagem: Elo 7

quarta-feira, 19 de dezembro de 2018

Medicamentos os efeitos são diferentes no cérebro de homens e mulheres






Relendo um dos artigos da revista ‘’Mente e cérebro’’ sobre psicoativos, consegui ratificar na prática que os efeitos de um medicamento no cérebro de um homem é bem diferente  em uma mulher.

Na verdade, fui solicitada para intervir junto com a equipe de enfermagem no hospital em que trabalho, já que o paciente vítima de TCE (traumatismo cranioencefálico), estava desorientado e precisando de contenção (ser mobilizado no leito), para não se machucar e machucar os técnicos e  o enfermeiro da equipe.

Com muito ‘’trabalho’’ ele foi imobilizado e a técnica de enfermagem administrou a medicação venosa em seu braço, mas quando pensávamos que a medicação seria eficiente, descobrimos que ela  não fez o efeito esperado.

Pois bem, o médico de plantão foi chamado e prontamente verificou a situação e prescreveu nova medicação. Deu certo? Nãooo...A equipe ficou ''sem chão'', pois parecia que ele tinha ‘’tomado água com limão’’  e o pior estava mais irritado que antes.

Erro na medicação? Nãoooo. O médico até procurou verificar nas ‘’literaturas googleanas ’’ a confirmação de seu ‘’olhar clinico’’, mas na verdade, sai de lá com a sensação que ele ‘’tinha o corpo fechado para a medicação’’ (Só usando o humor para minimizar o desgaste físico e mental sofrido pela equipe). 

O que o artigo trouxe de novo? Bem, mencionou as possíveis causas: hormonais, nas diferenças na composição corporal e no metabolismo. Por isso, os homens são menos sensíveis a certas drogas.

Os efeitos colaterais também são vistos, até porque, segundo o artigo, as mulheres são de 50%  a 75% mais propensas a manifestar efeitos colaterais.Aqui, vou citar algumas informações que me fizeram a entender o motivo daquele paciente ter sido tão resistente aos efeitos da medicação.

Vamos lá!

·        Quanto aos ansiolíticos: antidepressivos, em meio estomacal menos ácidos, no caso das mulheres, absorvem a medicação mais rápido que em homens . Devido a isso, doses maiores são potencializadas e prejudiciais a elas.

·        Benzodiazepínicos: são filtrados mais rápido nos rins dos homens, já que nas mulheres a espera entre uma dose e outra é maior.

·        Analgésicos: os medicamentos opioides, como a morfina, são absorvidas mais rapidamente nas mulheres, pois o hormônio estrógeno possui poder na modulação do sistema opinoide endrógeno.

Enfim, aprendi na prática o que li na teoria e devo dizer que ser médico é missão de vida, pois um erro na dosagem da medicação ou a indiferença aos sintomas apresentados pelo paciente podem repercutir negativamente na evolução clinica do paciente, e deixar a equipe em risco de ser agredida.

Bjs,
Alda de Cássia

*Imagem: Isto é 

terça-feira, 18 de dezembro de 2018

Dá para prevenir o AVC?










Pois bem... Segundo o texto de Theo Ruprecht na revista "Saúde é vital", é possível!Sabe quantos porcentos?Até 90% .Você sabia? Por isso, vou compartilhar o que li na revista.

Segundo a OMS (Organização Mundial de Saúde) o número de casos de pessoas que morrem vitima de AVC (acidente vascular cerebral), o ‘’tal’’ derrame, diminuíram segundo a ponta os estudos.

Bem, vou colocar alguns dados do artigo:

  ü Alimentação desequilibrada, sedentarismo, obesidade, depressão e estresse crônico são fatores de risco

  ü Tabagismo, hipertensão, diabete, colesterol alto e a fibrilação arterial, um tipo de arritmia cardíaca,  são causa de 90% DOS AVC.

  ü Sinais do derrame: dificuldade de falar e compreender o outro, tontura e perda de equilíbrio, dores de cabeça, alterações de memória, náuseas, convulsões, problemas para enxergar com um dos olhos, dificuldade para engolir, formigamento o fraqueza em um lado do corpo (face ou pernas e braços)

Bjs,
Alda de Cássia

* Imagem: Saudecuriosa.com.br

segunda-feira, 17 de dezembro de 2018

‘’Ser feliz é a gente viver confortável na gente mesmo’’






 

É impressionante quando assisto às palestras do Padre Fábio de Melo, sempre com reflexões bem pontuais. Vou deixar aqui o link! Assista e reflita, pois é bem interessante.

‘’Ser feliz é a gente viver confortável na gente mesmo’’

Boa reflexão!

Eu estou!!!Você????

Bjs,
Alda de Cássia
  https://youtu.be/t5gnB75MDRE


*Imagem: Mereço ser feliz

domingo, 16 de dezembro de 2018

‘’Poderia ter sido pior!’’








Sim, foi o que disse a minha mãe quando constatei um alagamento perto da máquina de lavar e secar, simplificando! É verdade, pois a quantidade que a máquina comporta é muito grande e o alagamento poderia ter sido maior e só não foi, porque as roupas neste momento estavam no processo secagem.

Bem, minha calma está no fato que já estava tudo alagado ao retorno da máquina, por isso, ‘’bater o pé’’ não levaria a ‘’lugar nenhum’’.Confesso que, em outras épocas diria que é ‘’o negócio está pegando aqui em casa’’.

Aprendi e aprendo a lidar com a adversidade pois já fiz ‘’muito auê’’ por ‘’coisas pequenas’’,mas  que aos meus olhos eram imensas e era só desgaste físico, mental e emocional, então ‘’pra que chorar o leite derramado. Não é mesmo?’’

Enfim, que alague a cozinha, no entanto que eu tenha forças para secar cada ‘’cantinho’’, mesmo que fique com dores nas mãos e ser capaz de cantar:

‘’ Seja qual for o seu problema
Fale com Deus, Ele vai ajudar você
Após a dor vem a alegria
Pois Deus é amor e não te deixará sofrer

Bjs,
Alda de Cássia

* Imagem: No teu altar 

sábado, 15 de dezembro de 2018

Ajudar o Próximo



Que lindo vídeo. Talvez um dos mais tocantes que já assisti. Impossível não se emocionar. Confesso que lagrimei! Fala de uma atitude tão rara hoje em dia, digna de pessoas ‘’cheias de Amor de Deus’’...Ajudar o próximo!


Assista... É só o que tenho a dizer. Ok?

Bjs,

Alda de Cássia 


                                      https://youtu.be/xsw4AhBIpcw

Imagem: Dicas de mulher
Crédito/vídeo: Amanda Mattos