terça-feira, 27 de setembro de 2016

''Tá amarrado?''


            
Vou contar mais um ‘’mico’’ que passei. Vou confessar que, ‘’vira e mexe’’, apronto das minhas. Na verdade, sou muito brincalhona. Sou uma ‘’eterna criança’’ em um corpo de adulto, até porque cara feia é quando tomo remédio ruim e viver sem sorrir não combina com a minha pessoa!(rs)

O fato, é que estava atendendo alguns pacientes em uma das enfermarias quando ouvi uma voz de homem dizer: "Tá amarrado?" E, na mesma hora, sem pensar duas vezes, falei: "Em nome de Jesus!"

É claro que, todos riram, pois o seu Carlos, o maqueiro, estava perguntando se a paciente estava contida (amarrada na cama), pois ele estava ali para retirar e levá-la para outra enfermaria.

Qual a minha justificativa na hora? "Ei gente, falei porque quando alguém diz "Tá amarrado!’’, principalmente os evangélicos, alguém diz ‘’Em nome de Jesus’’, querendo dizer que a pessoa está protegida de todo o mal.

Mais uma vez, todos riram muitooooooooooo...Até eu!!!!

Bjs,

Alda

*
Imagem: Google

segunda-feira, 26 de setembro de 2016

Livro: Platão para sonhadores




Hoje, vamos falar sobre mais um livro bem interessante: "Platão para sonhadores - 80 pílulas de filosofia cotidiana para transformar suas melhores ideias em realidade". Foi publicado pela editora Sextante, este ano.

Bem, fiquei interessada pelo livro por dois motivos: Gosto de ler tudo sobre filosofia e sou muito sonhadora!(rs). Que bons motivos, não é mesmo?

Imagem: Google
O escritor nada mais é que, Allan Percy, que já escreveu entre outros, ‘’Nietzsche para estressados’’.Ops! Estressada não sou, mas já li e vou compartilhar futuramente por aqui!

Vou selecionar algumas reflexões, até porque espero que você tenha a oportunidade de ler na íntegra esta obra. Ok?

Vamos lá!

     "Uma vida sem reflexão não vale a pena ser vivida"

Imagem: Google

     "A melhor e mais importante vitória é conquistar a si mesmo"
     "A maior riqueza é ficar satisfeito com pouco"
     "O amor foge dos corações endurecidos"
     "Não deixe o mato crescer no caminho da amizade"

Super dica de leitura!

Bjs,

 Alda


domingo, 25 de setembro de 2016

Repensando sobre a vida e amizades...



Túnel do tempo!

Para Refletir!


REconheço que há dias que estou cansada. Mas tenho REsponsabilidades. 


Todos têm... Não dá para jogar ‘’tudo para o ar’’ e dizer ‘’quero fériass’’(rs). Então, REescrevo todos os dias novas histórias...Como você deveria fazer...


Minha vida parece um livro de REcorte.Tudo que vivo e já vivi está ‘’colado’’, pois, foi registrado.REspiro fundo quando lembro de momentos tristes e complicados, mas minhas fotos dos momentos bons são bem maiores assim como,espero que sejam as suas...

O certo é que já me decepcionei com falsos ''amigos'', mas REconheço que tenho minha parcela de culpa, se assim posso dizer...Quem nunca se decepcionou com quem era considerado um amigo?

Acreditar em alguém que o decepciona, é como dizer para o seu ‘’amigo’’: "não sei nadar". E ele então dizer: ‘’Caia na água, que fico aqui só olhando.Qualquer coisa estou aqui, pertinho de você’’... Só que você acaba se afogando por ter confiado demais.

Mas, REpenso e sigo em frente! Não guardo mágoas. Tenho tantas coisas para guardar de bom, que não há espaço para mágoas e ressentimentos... Não é verdade?

REsisto a aceitar os conselhos que dizem:’’Você é besta mesmo.Se fosse eu,ele saberia quem sou eu!’’.

Pra quê?? Não. Não. Faz parte do meu passado. Que fiquem no passado os sentimentos de decepção, mágoa e tristeza que ‘’bateram na porta do meu coração’’, mas não os deixei entrar!Quem sabe um dia, a vida dê REviravoltas e a amizade seja mais forte que a distância da ausência...Como cantou o Tom Kleber na música  ‘’vida cigana’’: ‘’saudade têm, quem sabe ter’’.

Então, REorganizo-me... Seguir em frente, sem olhar para trás, é sinônimo de REcomeço de uma nova fase...Chamo: ‘’Superação’’.

O motivo do bate-papo de hoje?Lembrei de uma paciente.Ela falava da tristeza de ter tido muitos amigos e nenhum estava ao seu lado...Hoje,no momento que mais precisava!

Bjs,

 Alda

*Imagem:Google

sábado, 24 de setembro de 2016

Sei lá!



Há dias que fico pensando... Por que, algumas pessoas precisam "atingir’’ o outro com palavras e ações, sendo que essa pessoa não deu motivos para tal ato?Na verdade... Nada justifica!Somos únicos... Em pensamentos e ações.Você concorda?

Brincadeira? Só se for de muito mau gosto, pois que ‘’prazer" é este? Penso que, se você não tem palavras cheias de amor de Deus, então não fale! Fique em silêncio.

Devemos ser pessoas que somem e não que diminuam o outro. Eu até digo: "Fique em frente ao espelho e fale! Veja se suas palavras são de "puro mel" ou "fel".

Se forem de ‘’puro mel’’ chegaram ‘’doces ao coração do outro’’, mas se for ‘’de puro fel’’, portanto já saem ‘’estragadas’’ do seu coração! Até porque, como já disse, palavras possuem poder de unir ou separar, acalentar ou provocar conflitos e de provocar sorrisos ou desencadear indignação.

 Sei lá... Se cada um cuidasse mais de sua vida, batalhasse pelos seus sonhos e buscasse mais a Deus, não ficariam incomodadas com o outro, buscando defeitos, falhas ou erros, para depois ''apontar o dedo''.

Por isso, rezo por pessoas assim, pois provavelmente não fazem por mal (quero pensar assim!). Apenas, não sabem lidar com suas frustrações diárias, então precisam ‘’atingir’’ o outro com palavras.

Não devemos esquecer que, o que sai da boca vem do coração. Assim, corações adoecidos vivem sufocados por um ‘’eu’’ esvaziado de Deus. Devemos ser pessoas "construtivas'' e não ''destrutivas'' para que um dia, ao nos olharmos no espelho, possamos dizer: ''Deus deve estar feliz com as minhas condutas para com os meus irmãos em caminhada''.

Bem,não aconteceu comigo,mas ao ser comunicada do fato por uma pessoa próxima,fiquei indignada.Quem não fica?

Bjs,

Alda  

sexta-feira, 23 de setembro de 2016

Livro: O Gato e o rabino - O Malka dos Leões- 2


Que belo livro! Como sempre digo, alguns livros possuem o poder de surpreender o leitor. Sejam livros para o publico alvo infantil, juvenil ou acima dos 21 anos de idade.


Este, por exemplo, seria uma indicação para os jovens, mas encontrei nele conhecimentos, que eu até então desconhecia. Sim, é verdade!! Qual? Peraí, que vou apresentar o livro aqui no blog Diário das Gêmeas Paraenses! (rs)

Vamos lá!

O nome da obra é "O Gato do rabino – O Malka dos Leões", cujo autor  é  Joann Sfar, que possui mais de 30 álbuns de quadrinhos e que lançou este livro pela editora Jorge Zahar, em 2006.

A série O Gato do Rabino já vendeu mais de 20.000 exemplares só na França. Recebeu dois importantes prêmios: "Prêmio do Júri Festival Internacional de HQ de Angoulême e o Prêmio Eisner de Melhor Edição Americana de uma obra estrangeira.

Ok! Agora sim! Após dar os créditos à obra, podemos recomeçar nosso bate-papo de hoje! O livro fala sobre o quê? Bem, sobre um gato que tem o poder de falar com o rabino e sua filha.

O rabino recebeu algumas cartas e entre elas uma de Paris, na qual ele terá que fazer um teste para ser confirmado como rabino da sua comunidade.

O gato até tenta ajudar na hora em que, o rabino está fazendo o teste e por falar no nome de Deus, que para eles é chamado de "Adonai", ele perde  o poder da fala voltando a ‘’miar’’.


Ops! Esqueci de dizer que a outra correspondência era do seu primo, o ‘’Malka dos Leões’’, que o informa da sua visita. Pois bem, ele um homem esquisito, já que anda com um leão, seu amigo, e com uma roupa que foge à tradição do local.

Onde está o aprendizado? Aff! Peraí, que agora que vou falar!(rs)

Na verdade foram vários, porém um que não vou tão cedo esquecer foi em relação aos livros.O gato diz que quando os livros de orações ficam velhos e imprestáveis, eles são ‘’sepultados’’ no cemitério como se fossem velhos sábios,pois aquele que ‘’queima um livro ou a Torá é julgado como o pior dos assassinos’’.

O certo, é que refleti e fui até o ‘’tio Google’’ para pesquisar a veracidade do fato, mas confesso que achei muito confusas as explicações e quem puder contribuir após ler este bate-papo de hoje, por favor sinta-se à vontade para deixar sua contribuição. Agradeço!

Enfim, gostei da história e das ilustrações!

Dica de leitura!

Bjs,

Alda 

quinta-feira, 22 de setembro de 2016

No circo


Túnel do tempooooooo!


Que boas lembranças temos da época que íamos com os nossos pais ao circo. Nossa mãe não gostava muito por causa do barulho. O papai fazia as nossas vontades, com pipocas e balões coloridos.

Toda criança deveria ir a um circo. Rico de estímulos para os olhos e para os ouvidos. 

Quanta gente bonita que veste a sua melhor roupa! Quantos animais que só os vemos na televisão! E que cheiro de feno, com suor, não sei se dos animais ou de alguém (rs).

Um desses passeios que vou contar a você. Nossos pais tinham o hábito de pegar nossas coleguinhas de escola em suas casas e levá-las para se divertir com a gente.

Nesse dia, fui eu, a mana abençoada e a nossa colega Ana Cristina. Passamos por cada atração do circo. Nossos olhinhos cintilavam de encantos. Foi que, nos deparamos com a atração: ’’A Monga - A mulher gorila ’’.
Que legal!  Todas falaram ao mesmo tempo. Nosso pai comprou os ingressos e entramos. Ele ficou do lado de fora esperando.


Entramos. Esperamos, esperamos, esperamos... Estávamos cansadas de tanto esperar e quando já estávamos nos preparando para sair aconteceu algo...
 
Pois bem,quando já estávamos nos preparando para sair, o homem começou a anunciar: ’’Vem aí, a mulher, Monga. A fúria da floresta! Ninguém sobrevive ao seu ataque! Corram, mas não gritem, que ela vai ouvir e aí... ’’

Nunca esqueci essas palavras. Tínhamos 11 anos de idade, então ela chegou. Havia uma grade que nos separava dela. Começou o efeito especial. Na época nem sabia que existia isso (rs). O certo, é que começamos a gritar, quando começou a aparecer pêlo nela.

Nós nos abraçávamos e gritávamos juntas. Um senhor falou vendo o nosso desespero: ’’Calma meninas!’’. Calma! Caramba! (rs).Como dizia nosso primo Túlio.

Pensemmmm... A mulher Monga sacudia a grade, rugia. Sei lá. Só sabíamos que era aterrorizanteeeee... 

Depois, nos acalmamos e saímos ‘’sem graça’’, já que, no final apoteótico, percebemos que não era tão aterrorizante assim... (rs)

Eu hein!!



Bjs,
Alda

quarta-feira, 21 de setembro de 2016

Terapia Ocupacional - Humanizando e buscando a qualidade de vida.

Durante atendimento no Setor de Estimulação Precoce

Eu vou tentar falar de forma acessível sobre o trabalho do terapeuta ocupacional aqui no blog Diário das Gêmeas Paraenses já que, sou terapeuta ocupacional.

O Terapeuta Ocupacional objetiva a qualidade de vida. Utiliza a atividade o fazer humano, como forma de tratamento.

Através de AVD´S (atividades de vida diária) e AVP´S (atividades de vida prática), o terapeuta ocupacional tenta reabilitar pacientes com distúrbios neurológicos, por exemplo.

Há 18 anos trabalho com crianças com deficiência intelectual e múltipla. E a cada dia me surpreendo com as conquistas de cada criança.A cada dia recebo como ''presentes'' sorrisos, beijos e conquistas cognitivas e motoras.

Sempre falo para os pais, durante a avaliação e anamnese: "Ele pode até ter limitações, porém possui potencialidades para crescer e aprender, mas o principal ele têm: "Pais que o amam e estão dando a maior prova de amor incondicional ...Acreditar que são capazes de vencer suas limitações".


Minha mensagem final para quem é terapeuta ocupacional ou deseja ser : "Trabalhe com amor. Ame o que faz. Não seja mais um terapeuta ocupacional e sim "a(o) terapeuta ocupacional", que cumpre sua missão com louvor.

Seja rico em sabedoria e pobre  em arrogância. Seja ambicioso em buscar melhora da qualidade de vida e aumento da autoestima dos seus pacientes e não se esqueça que Deus nos deu o dom de ajudar o nosso próximo. Então, faça o seu melhor, doe-se ao infinito, para que Deus um dia dê em você um abraço de muito obrigado, por ter amado o seu irmão.

Bjs,

Alda