quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

Moral Fundamental - DVD


Diário das Gêmeas Paraenses
Este é o nome do DVD do Pe.Paulo Ricardo cujo o título é ‘’Moral Fundamental’’.O tema abre a série do Curso de Teologia Moral.

Nesta aula, são dados os fundamentos para o estudo da moral sob a luz da Revelação de Cristo. Temas como: "Distinções de Reflexão Moral e o Exemplo de Cristo", "A Crise Moral no Mundo Moderno", "Moral em base da Verdade", "A vocação do Ser Humano", "As virtudes no pensamento da Igreja", entre outros, são apresentados neste DVD.

Então, escolhi falar da Virtude hoje para você. Sei que não é um DVD fácil de estudar, mas vou colocar trechos da fala do Pe.Paulo Ricardo sobre as virtudes, que acredito que será interessante. Ok?

Vamos, lá!!

Segundo o Padre Paulo, virtude é o ato de praticar o bem, o que é justo, um lado bom do ser humano. Sendo um hábito bom. E fala da virtude em relação aos santos e santas da Igreja.

Faz uma comparação com o vício que é um hábito ruim e que escraviza a pessoa.Dando um exemplo:’’A pessoa generosa é sempre livre e o avarento é prisioneiro do seu vício’’

Menciona que a libertação da pessoa dos vícios se dá gradativamente e que há uma lei da gradual idade que, segundo ele ninguém quer ser feliz pela metade, ou seja, 50%.

Dando outro exemplo: ’’Se a pessoa que chegar ao 10º  andar, ela não pode se contentar em ficar no 3º andar e sim subir até o 10º andar através da misericórdia divina e esforço próprio ela chegará’’.

Para ele: ’’Deus tem sua Metodologia Pedagógica’’. E cita Santo Ambrósio, quando respondeu a pergunta: Por que Deus criou o homem, se já havia criado os anjos, tendo como resposta: ’’Porque Ele queria ser capaz de perdoar’’

Em resumo, a virtude segundo o padre Paulo é realizar atos que irão levar à pessoa a realização. Está enraizada na pessoa: ’’Quando a pessoa é generosa é porque ela trouxe dentro de si ao nascer’’. Sendo assim, não é heroísmo.

Termino com esta frase do padre Paulo Ricardo e espero que inspire você : ’’Precisamos ser pacientes com os nossos próprios defeitos, sem ser conivente com eles’’.

Você concorda?

Bjs,
Alda

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Unnn...

Diário das Gêmeas Paraenses 

Túnel do tempoooooo...



Hoje, quero contar uma história que aconteceu comigo. O fato é que algumas pessoas não honram suas palavras!Tudo aconteceu quando atendi uma criança com Síndrome de Rett ( Para Conhecer  sobre a Síndrome de Rett:  http://bit.ly/2ke3AIk )

Foi há cerca de 7 anos, mas lembrei desse fato quando estava na fila com a ‘’mana abençoada’’ ontem. Contei a ela que um dia, nesta mesma loja, uma senhora olhou para mim e disse: "Conheço você de algum lugar?’’. De fato, ela tinha razão!

Confesso que fui pega de surpresa! Após alguns segundos, lembrei que atendi a filha dela em domicílio e, ao tentar receber o meu pagamento do mês, ela ‘’me enrolou’’... Com todas as letras: Não me pagou!

Foi bem assim: Pediu que, eu passasse no dia seguinte para pegar o dinheiro. Passei, ou melhor, fiquei na porta de fora tocando a campainha e ela não foi abrir a porta. Mas sabia que ela estava dentro de casa. O carro estava dentro da garagem e vi um vulto na cozinha, que tinha as características dela.

Liguei então. A cuidadora da criança com uma voz ‘’toda desconfiada", disse que ela não estava. Liguei outros dias e ela sempre me prometia o pagamento.

Mas, sim... Voltando! Na hora, lembrei-me de tudo isso e disse: ’’Ahhhhh... Eu atendia sua filha ..... Em sua casa. Lembra???". Pois é, quanto tempoooooo não é verdade?

Ela, toda desconfiada, deu um sorriso ‘’sem graça’’ e baixou a cabeça....

Na fila eu disse para a ‘’mana abençoada’’: "Ela teve muita sorte. Se eu fosse barraqueira, eu teria dito que, ela não teve respeito pela profissional que atendeu a sua filha,mas dei um sorriso e fiquei em silêncio.

Rimos ambas na fila e uma senhora em nossa frente, também riu...

Aprendiiiiiiiiiiiiiiiiiii no bolso a lição!! Nosso avô Antônio dizia: ‘’A palavra de um homem sempre tem que ser honrada pelos seus atos. Não precisa colocar no papel o quanto você deve e sim honrar a palavra que você deu, a quem lhe emprestou no momento mais difícil da sua vida...''

Bjs,
Alda 

terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

Filme: As Crônicas de Nárnia – O Leão, a Feiticeira e O guarda-roupa

*Imagem*

Confesso que, resolvi no final de semana fazer uma sessão de  ‘’Túnel do tempo’’. Sim, vira e mexe, mexe e vira, vejo-me com vontade de rever leituras e filmes que já assisti.

Sei, sei que para alguns parece ser perda de tempo, mas gosto de redescobrir um detalhe em uma cena ou diálogos dos personagens que não havia prestado atenção.

E bem verdade que, quando começamos a assistir um filme, a empolgação é tão grande nos personagens que, o lugar da produção e os coadjuvantes acabam ficando em segundo plano, porém se pararmos para pensar, veríamos que o filme ‘’funciona’’ com a somatória de todos do elenco, a grandiosidade do cenário e o talento do diretor e assistentes de produção.

Pois bem,é um daqueles filmes da Walt Disney que deixam quem assiste querendo chegar até o fim da aventura.Bem, o filme foi inspirado no clássico de C.S.Lewis.

Conta a história de 4 irmãos, que após entrarem em um armário mágico durante a fuga de uma supervisora na casa de um misterioso professor, acabam ‘’caindo no mundo de Nárnia.

Um lugar mágico, habitado por seres estranhos desde animais falantes, faunos até centauros. Uma feiticeira habita esse mundo e fará de tudo para matá-los e destruir Nárnia.

Enfim, um belo filme que faz você desejar lutar com os irmãos e o leão Aslam para salvar Nárnia das crueldades da feiticeira branca.

Indicação do filme? Para menores e maiores que gostam dos clássicos da literatura infantil.Você gosta?

Super Indicação!

Bjs,
Alda

*Imagem: AdoroCinema


segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Livro: Autores e Ideias

Imagem:Mona Dorf

Bem, se você pretende ser uma escritora ou um escritor, ele é excelente por causa da diversidade de escritores brasileiros que em 268 páginas mostram porque são tão consagrados no oficio de encantar os leitores com belas obras literárias.

Ah! Se você não pretende ser escritor(a), mas gostaria de conhecer um pouco do universo literário deles e saber como surgiu o nome de seus livros, quais os livros recomendados, um livro marcante, indicações de livros e até quais os livros que já leram ou estão lendo então, este é um livro de leitura obrigatória.

Qual o livro? Pois bem: ‘’Autores e Ideias’’, da jornalista Mona Dorf, e que foi lançado pela editora Benvira. O livro é resultado do seu trabalho de entrevistadora, que durante os 4 anos em que comandou o Programa Letra @Leituras fez mais de 500 entrevistas com vários escritores.

Poxa, que pena que não poderei colocar os pensamentos de alguns dos grandes escritores brasileiros por causa dos direitos autorais, porém vou citar com as minhas palavras o que o escritor, quadrinista, artista gráfico, roteirista e também ator Lourenço Mutarelli respondeu diante da pergunta: Definição de um bom livro?

Bem, ele disse que era aquele que até na última página fosse capaz de fazer você ser uma pessoa diferente daquela que iniciou a leitura da primeira página, ou seja, alguma coisa deverá ter mudado.

Concordo plenamente e este sempre foi o meu propósito quando publiquei o primeiro livro de contos:’’Contos Terapêuticos: À Procura de Respostas’’ e deverá ser com os próximos livros que irei publicar.

Sabe por quê? Porque, desde que me apaixonei pela leitura de bons livros, eu nunca terminava o livro sendo a mesma pessoa. Sim, alguns autores me faziam ser a protagonista da história e eu terminava a leitura sendo uma princesa ou um dragão.(rs)

Enfim, até digo que sou um pouco dos personagens dos contos que criei desde a borracha de baixo do berço do Paulo do conto ‘’A borracha’’, até uma das vogais do conto "A fuga das vogais’’.

Mega indicação de leitura!

Fantástico!!!!

Bjs,
Alda

 *Imagem: Mona Dorf

domingo, 19 de fevereiro de 2017

ARTE em Sucatas -Talento Paraense :Carlos


Imagem : Diário das Gêmeas Paraenses 
Túnel do tempo ...

Em um domingo de manhã belíssima e de muita gente nas ruas, encontrei, na praça da República, meus amigos Cris e Wilson, com o meu pequeno Gabriel, Biel, como é carinhosamente chamado. Todos os finais de semana há venda de artesanatos e comidas típicas nesta praça.

Estava procurando a barraca do seu Mileno, o artista que fez aquela obra-prima, o Mercado do Ver-o-Peso, com a técnica pintura francesa, que já apresentamos aqui em nosso Blog. Confesso que fiquei desapontada, pois não o encontrei no mesmo lugar de domingo passado. Mas, meus amigos disseram: "Vamos que podemos encontrá-lo mais adiante".

Não o encontramos naquele momento, mas encontrei um talentoso artista, o Carlos, que dá vida a sucatas.

Fiquei impressionada com o seu trabalho. Um paraense que está ali, com seu jeito simples, mas com uma riqueza criativa em suas obras.

Falei do Portal Revelar Talentos, da nossa Fan Page, do Twitter, do Pinterest e do nosso Blog. Ele gostou do que ouviu e prometeu dar uma olhada no Blog e no Portal. Dei-lhe o nosso cartão de visita.

Bem, foi assim que fizemos com o seu Mileno, um carioca que produz arte em volume. Por seu talento criativo, hoje Carlos é o nosso talento do dia.

Vamos compartilhar seu talento genuinamente paraense.

Abs,
Alda e Vi

sábado, 18 de fevereiro de 2017

Ensaio sobre cegueira - FILME

Diário das Gêmeas Paraenses 

O filme: ’’Ensaio sobre cegueira’’, é dirigido por Fernando Meirelles, o mesmo diretor do Filme: ’’Cidade de Deus’’ e o ‘’Jardineiro Fiel’’.

Foi baseado no romance de José Saramago, o único escritor da Língua Portuguesa a receber o primeiro Nobel da Literatura.

Na contracapa do DVD, a uma citação: ’’A sua visão de mundo, nunca mais será a mesma’’. É verdade!Principalmente das pessoas que moram neste mundo.

Conta a história de uma inédita epidemia de cegueira inexplicável, que atinge uma cidade não identificada, mas que traz uma serie de questionamentos, leis amorais, desrespeito ao outro e cenas de pessoas agindo pelo seu impulso mais primitivo.

O filme inicia-se em uma rua, precisamente em um cruzamento. Um motorista de repente fica ‘’cego’’. E os outros carros não param de buzinar. O que ele vê?... Uma tela branca...

Ele não entende o que ocorreu. Pessoas que estão transitando nas calçadas param. E quando um homem o aborda e diz que vai ajudá-lo, ele entra no carro e ambos seguem até a casa do motorista.

Após ‘’ajudar’’ o motorista, levando-o até a sua casa, o ‘’homem generoso’’ começa a observar o ambiente, enquanto o homem conversa e tenta levá-lo até a porta. Ao perceber que há algo estranho, o motorista faz imposição com sua voz para que ele saia.

Depois da saída do ‘’estranho generoso’’, ele resolve deitar-se no sofá aguardando a esposa chegar. Quando ela o vê daquela forma, ‘’cego’’, ela se desespera e busca ligar para um oftalmologista e neste meio termo, descobre que o ‘’estranho generoso’’ era um ladrão, que roubou o carro.

Confesso que pensei várias vezes em parar de assistir o filme. Sabe por quê? Porque, mostra a fragilidade humana de uma forma tão desnudada que ‘’choca’’, indigna e faz sentir repulsa por tudo que você vê e ouve. Mas como não desisto  de algo até ‘’esgotar ‘’ todas as possibilidades de compreender...Assisti até o fim...

É um filme para quem tem ‘’estômago de avestruz’’(rs). Não que o meu seja(rs).Olhaaaa, a graça!!(rs). Como digo ‘’Dê dinheiro, mas não dê confiançaaaa...!!’’(rs). Serve para conhecer o universo do ser humano, quando colocado em situação em que lutar pela vida é o objetivo, mesmo que seja preciso expor os instintos primários para consegui-la!!

Assista... Digo que você não será mais a mesmaaaa. Mesmoooo...!

Bjs,
Alda e Vi

*Imagem: Arquivo Pessoal 

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

‘’Que dá vontade dá’’


Diário das Gêmeas Paraenses









Quem nunca ouviu este desabafo: "Por mim, jogava tudo para o ar, mas não posso. Mas que dá vontade dá!’’? Ou ‘’Dá vontade de dar uma resposta bem dada, mas não posso. Mas que dá vontade dá!’’ Você já ouviu ou falou assim um dia?Ontem,ouvi de uma amiga!

Porém, vamos convir que o melhor talvez seja ponderar a resposta que devemos dar ou a atitude que devemos tomar! Por quê? Porque, devemos agir como adultos conscientes de que somos responsáveis até pelo balde que chutamos, pois ele pode bater na testa de alguém sem querer e machucar. Não é verdade?

Vou dar um exemplo, já que uma das propostas deste blog é torná-lo um bate-papo informal, onde ‘’trocamos’’, ‘’compartilhamos’’ e nos enriquecemos de reflexões mútuas. Não é mesmo?

Pois bem!Uma vez uma amiga nossa ficou sabendo que o seu nome estava ‘’em boca de Matilde’’. O que ela fez com a pessoa? Nada não.Sabe por quê? Porque, não se sentiu ofendida pela forma como foi citada na conversa, apesar de ter soado como falta de respeito . No entanto, ela não ‘’recebeu a ofensa por sedex’’ e então foi devolvida em pensamento ao remetente com uma oração.

Enfim, nossa amiga ficou muito chateada na hora pela decepção de saber quem foi que a ofendeu, entretanto fez uma oração pela pessoa e desejou que um dia ela não chegue a condição ... '' Que dá vontade dá...'' 

P.S:Já aconteceu com você?

Bjs,
Alda  

Imagem ; Diário das Gêmeas Paraenses (Vi)