sábado, 6 de junho de 2020

Poema: Procure os seus caminhos




compartilhar o poema ‘’Procure os seus caminhos’’, do saudoso escritor Fernando Pessoa. Achei maravilhoso, como tudo que ele já escreveu.
Leia e inspire-se:

                            

Procure os seus caminhos

Procure os seus caminhos
mas não magoe ninguém nessa procura
Arrependa-se, volte atrás, peça perdão!
Não se acostume com o que não o faz feliz,
revolte-se quando julgar necessário
Alague seu coração de esperanças,
mas não deixe que ele se afogue nelas.
Se achar que precisa voltar,volte!
Se perceber que precisa seguir,siga!
Se estiver tudo errado,comece novamente.
Se estiver tudo certo,continue.
Se sentir saudades,mate-a.
Se perder um amor,não se perca!

Se o achar, segure-o!

Alda de Cássia 


Foto: Google

sexta-feira, 5 de junho de 2020

‘’Deus é o nosso refúgio e a nossa força...''



Sim, acredito! No salmo 46.1 lê-se: ‘’Deus é o nosso refúgio e a nossa força, socorro que não falta em tempos de aflição’’. Nossa força? Força para seguir em frente quando os olhos de quem amamos já não nos olham com ternura e os largos sorrisos já não nos fazem sorrir em retribuição.

Vejo que as palavras perdem o sentido quando a dor da perda é infinita. Falar o quê? Talvez, um abraço ou um silenciar neste momento seja a única forma de dizer para aqueles que choram a perda: ’’Se precisar estou aqui!’’.

O que me levou a escrever sobre este assunto hoje? Não, não. Deus não chamou as pessoas que amo de volta para casa. Talvez seja por ter ultimamente visto tanta dor dilacerante daquelas pessoas que ‘’perderam ‘’seus entes queridos em um leito de hospital.

A morte faz parte do ciclo da vida. Não é verdade? Não, ninguém está preparado para perder quem amamos, até porque muitas vezes não estamos preparados nem para enfrentarmos mudanças de planos quando não conseguimos realizar um sonho.Não é verdade?

Enfim, talvez a morte seja um pássaro que não voa mais, porém pode ser um pássaro que resolveu voltar para a sua casa, pois sua missão teria chegado ao fim.

Alda de Cássia
Foto:Arquivo Pessoal 

quinta-feira, 4 de junho de 2020

Será que o tempo é tão precioso?


Aí, se eu pudesse voltar no tempo! Não, não... Não é para evitar cometer erros, pois eles me fizeram ser o que sou. Mas para saber que naquela hora que chorei, era aprendizado que me fazia necessário aprender.

A vida me ensinou a saber, ganhar e agradecer, como também saber perder e compreender que faz parte do ciclo da  minha evolução. A vida é cheia de ciclos.

Queria ser como um rio, manso mais intenso em seu percurso. Passar entre pedras e seguir. Descer e subir sem medo de prosseguir.

Mas, pensando bem... Queria ser um relógio em marcar a hora de começar a ser feliz.O minuto de cada momento de encontro e o segundo dos desencontros, mas não deixar de saber que entre horas, minutos e segundos, eu teria que completar o meu ciclo.

Quanto tempo ainda me resta? Não sei, porém gostaria que fosse o suficiente para completar a minha missão na terra. Quero ser capaz de levantar a cada queda, aprender com os meus erros e compreender que só posso ser feliz quando fizer as pessoas felizes.

Nesse momento ouço uma música....

Então, me surpreendo que o meu tempo é o hoje. Deus me deu de presente. É o aqui e o agora. Posso ser o mar que transborda, o pôr-do-sol que avisa que chegou a hora de descansar e a ave que voa em busca de seu ninho.

Ouça a música e sinta a paz preencher o seu coração de esperança por dias melhores e nunca esqueça:Tudo no tempo de Deus!




Alda de Cássia 
Arte:Vitória de Cássia 



terça-feira, 2 de junho de 2020

Deus é o caminho...


Deus é o caminho, a verdade e a vida. Quem nunca ouviu ou leu essa frase? Penso que, Deus é a certeza de que, a dor não será eterna. A luz que clareia a escuridão e o amor que consola.

A dor e o sofrimento ‘’batem em todas as portas’’. É sempre devastadora quando não resignamos e perdemos a fé. As lágrimas rolam cheias de incertezas quando estamos emocionalmente fragilizados.Não é verdade?

Quem disse que a vida seria fácil? 

Hoje o mundo pode ter caído ‘’em cima da sua cabeça’’, mas amanhã desejo que o seu dia seja abençoado, pois Deus permite um novo recomeço, um novo amanhecer e a renovação da fé.

Alda de Cássia 
Foto:Arquivo Pessoal 

segunda-feira, 1 de junho de 2020

Dica de leitura:A guerra que salvou a minha vida


Um livro muito emocionante! Qual? A ''Guerra que salvou a minha vida'', de Kimberly Brubaker Bradley, com  a tradução de Mariana Serpa Vollmer, lançado pela editora Darkside Books.

Um livro com 234 páginas, que relata a história real de uma criança chamada Ada, de 11 anos de idade e seu irmão Jamie, de aproximadamente, 6 anos de idade, que conseguiram sobreviver durante a Primeira Guerra Mundial.

Ada vai contar sua história ao lado de seu irmão. Suas batalhas, a luta de dois refugiados em seu próprio país. Ela revela todo o seu sofrimento, uma vez que sua mãe a deixava trancada em casa pois, ela tinha nascido com um pé torto e para a sua mãe ela era a ‘’Aleijada’’, a ‘’Imprestável’’ da família, digna de ser tratada como um ‘’lixo humano’’.



Uma história que revela ao mundo as consequências da guerra, mostrando as vítimas inocentes, os traumas da guerra, o abandono afetivo e a não aceitação da deficiência de um filho como a maior de todas as crueldades vividas por uma criança.

O certo, é que a história nos leva a refletir sobre a ‘’batalha’’ que vencemos todos os dias para conseguir conquistar o nosso ‘’território’ neste mundo, onde as ‘’guerras’’ muitas vezes começam dentro de casa.

 Super dica de leitura!
 Vale a pena ler na íntegra!

Alda de Cássia

*Imagem:Twitter 

domingo, 31 de maio de 2020

Dica de filme : O Solista


É um filme que permite a reflexão entre o que é real e o mundo projetado em uma mente criativa, mas adoecida. Uma linda história, apesar de ser dramática.

O filme é a história real do diretor de ‘’Desejo e Reparação’’ e ‘’Orgulho e Preconceito’’, tendo os atores Jamie Foxx e Robert Downey Jr. Com brilhantes interpretações.

Conta a história do jornalista Steve Lopez, que encontrou nas ruas de Los Angeles um morador de rua com extremo dom para a  música e que passa o dia tocando violino entre os perigos de uma grande cidade.


O solista é Nathaniel Anthony Ayers, que adoecido mentalmente, encontra na música o resgate do seu passado e o equilíbrio em uma mente atormentada pelo passado.

Super indicação!
Alda de Cássia 
*Imagem:Final do filme                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                     https://youtu.be/uESQJY8QUjs

sábado, 30 de maio de 2020

Será que tudo é no tempo de Deus?


 Quem nos acompanha por aqui, já deve ter lido em um dos meus bate-papos sobre o tema: "No tempo de Deus’’. Lembrou? Pois é, será o nosso bate-papo de hoje!

Deus sabe o que é melhor para cada um de nós. Nada permite se não existe um propósito. Qual? Aprendizado, amadurecimento e crescimento.

O certo, é que somos frutos de nossas escolhas. Cada passo dado e cada palavra proferida vão determinar a direção que vamos caminhar.

Não falo de destino e sim em providências divinas. Tudo no tempo de Deus e permitido por Ele. Por isso, é preciso planejar e ter metas bem definidas.
O sucesso não vem da sorte e sim de merecimento. Não, não falo dos ‘’5 minutos‘’ de fama e nem de uma temporada. E sim, de muita luta determinação, coragem e fé.

Devemos agradecer a Deus por tudo. Pelas alegrias que aquecem o nosso coração, pelas adversidades que nos fazem sair da zona de conforto e até por cada lágrima que rola dos nossos olhos, pois nos humanizam diante das perdas e da dor.

Enfim, não reclame por suas dificuldades e sim se resigne. Não culpe o outro pelos erros que você possa ter cometido. Assuma e se responsabilize, isto é digno de pessoas de caráter.

Não se esqueça... TUDO NO TEMPO DE DEUS! Enquanto isso, ore. Pois Deus, só Ele, sabe o que se passa em nosso coração, enquanto alguns nem desconfiam de sua luta diária.


Alda de Cássia
Foto:Arquivo pessoal/Espanha