domingo, 7 de outubro de 2018

''Vou te contar um causo'' - Revista Nova Escola


Bem, quem nos acompanha por aqui, no blog Diário das Gêmeas Paraenses, sabe que possuímos  várias coleções, entre elas, ‘’Causos das gêmeas paraenses’’ onde fazemos relatos de nossa infância, adolescência e fase atual.

Sim, ‘’’causos’’ que são verdadeiras ‘’micagens’’ e que nos fazem ainda dar muitas ‘’gargalhadas’’, até porque, nossos pais sempre nos contavam seus ‘’causos’’ de infância e adolescência daí, ‘’filhas de peixe...peixinhas somos’’ (rs)

Bem, um dos artigos da Revista ‘’Nova Escola’’, de dezembro  de 2012, fala sobre ‘’Sala de Aula’’ – Lingua Portuguesa 5º ano. O assunto é ‘’Vou te contar um causo’’.

Mas, o artigo é antigo Alda? Sim, lembra que falei que ao arrumar as gavetas encontrei algumas revistas antigas?Pois é, aqui em casa é ‘’pecado capital’’ rasgar, cortar ou jogar fora’’ conhecimentos.

Vamos lá!

O artigo de Beatriz Vichessi mostra um texto de um ‘’causo’’.Pois é, este gênero tem um grande valor não só para a tradição oral como é forte aliado das ‘’marcas da oralidade, transcrição, retextualização e revisão’’.

Segundo o artigo, o povo mineiro é um povo tradicionalmente ‘’contador de causos’’. Se são verdadeiros ninguém sabe, mas que são repassados de geração em geração isto é verdadeiro.

A dica para trabalhar com crianças é ‘’trabalhar a leitura de bons modelos’’, para que as crianças possam conhecer um pouco das características dos gêneros e alguns recursos utilizados pelos autores.

Opa! Quase esqueço que outra dica é gravar os causos, seja com gravador, celular ou filmadora.Só assim ocorre a retextualização e as crianças também podem verificar depois a entonação da voz, por exemplo.

Enfim, vale a pena proporcionar às crianças e aos futuros leitores mais um recurso para tornar prazeroso a construção de textos e a sua apreciação e, quem sabe um dia, os alunos possam fazer um livro só de ‘’causos’’ ocorridos na escola... Minha dica!

Bjs,
Alda de Cássia

 * Imagem: Arquivo





Nenhum comentário:

Postar um comentário