terça-feira, 18 de julho de 2017

O que é o amor?


Hoje, o bate-papo é uma reflexão sobre um trecho do livro do escritor  Carpinejar, do livro: ‘’Espero Alguém”. Vou fazer bem diferente. Vai ser assim...Vou falar a minha interpretação sobre a frase copilada. Ok?

‘’Espero alguém que prove que amar não é um contrato, que o amor não termina com os nossos erros.’’


O que é o amor? Bom! O amor já foi cantado, já foi escrito em verso e prosa. Mas tem que ser sentido para ter sentido. 

Quem usa o AMOR para dizer que ama, mas machuca o outro fisicamente...Não ama! Quem diz que ‘’eu perdoo tudo que ele me faz, porque eu o amo’’... Não ama. Apenas vive anulado na relação, que parece que não é a dois!

Hoje o amor foi banalizado. Alguns dizem ‘’eu amo você’’ por dizer, sem sentir. Confesso que ‘’eu amo você’’ é uma frase tão sublime que não deve ser dita sem que ‘’saia direto do coração’’.

O amor não coloca o outro como objeto de posse. Não cobra dependência 24 horas. Não machuca. Não diminui. Não anula. Ele não é egoísta. Nem egocêntrico. Ele sabe reconhecer, um erro de um mal entendido, uma falha de comunicação. Ele é tão generoso que faz com que a pessoa que o recebe seja um ’’alguém especial’’, a ponto de querer e desejar ser uma pessoa melhor. Porque o amor é assim. Ele o capacita para doação e não para negação de si e dos outros.

E pra você o que é o AMOR????


Bjs,
 Alda de Cássia 

*Imagem: Tele-fé