sábado, 4 de janeiro de 2020

‘’Olhar para o outro com um pouco mais de amor’’



Bem, assim padre Fábio de Melo refletia em mais de seus Programas Direção Espiritual: ‘’Olhar para o outro com um pouco mais de amor...Respeitar as escolhas do outro.De não tratá-la com descrédito com se ela fosse um ser humano de segunda grandeza.

Ele fala dos ‘’preconceitos mentais’’ e da falta de Jesus dentro da pessoa que a aprisiona e aprisiona o outro. É notório quando fala que a paz interior, a paz de espírito, é uma forma de libertação.

De fato... Quando estamos em paz acabamos olhando o outro com um pouco mais de amor. Respeitando em sua individualidade e não querendo exercer um controle da vida que não lhe pertence, pois cada um e cada um tendo seus valores e sentimentos próprios. Não é verdade?

Eu creio que o que afasta as pessoas é a forma de agir do outro, de falar e da falta de empatia que provoca os desentendimentos e as separações. Creio que o olhar com mais amor nos aproxima ou reaproxima, mas a falta dele nos afasta...Penso assim!

Penso que, se eu não consigo ter este '‘olhar com mais amor’’ comigo então, todos aqueles que se aproximarem de mim vão se afastar aos poucos, pois ninguém consegue conviver com a falta de amor recíproco.

Enfim, um olhar com mais amor é o que todos devemos priorizar quando estamos convivendo com o outro. Aceitar o que o outro decidiu ser. Respeitar o que ele decidiu fazer da sua vida. Manter uma relação de cordialidade e fraternidade... E quando tudo parecer tão difícil lembre-se: ‘Será que eu preciso de um olhar com mais amor?’’

Alda de Cássia
*Imagem:Igreja Ribeirão Preto