terça-feira, 20 de novembro de 2018

Movimentos dos olhos revelam o que interessa aos autistas.




Lendo a revista ‘’Mente e Cérebro’’, da editora Duetto, li o seguinte artigo na seção neurocircuito, que desejo compartilhar aqui no blog. Qual? Vamos lá: ‘’Movimentos dos olhos revelam o que interessa aos autistas’’.


Bem, trabalho com crianças autistas é o artigo me levou a repensar sobre a relação piscar e interesse das crianças autistas. O que foi interessante, já que ao terminar de ler o artigo, veio à mente a imagem de cada criança atendida e a relação movimentos dos olhos e seus interesses.

Na Escola de Medicina da universidade Emory, na Geórgia, os pesquisadores verificaram a frequência que as crianças autistas piscavam diante de uma imagem, por exemplo. O objetivo era verificar se a movimentação ocular poderia ser usado como um dos diagnósticos para se determinar os graus do transtorno.

A faixa etária era de crianças entre 1 a 3 anos de idade.As crianças estavam assistindo vídeos e segundo o pediatra Warren Jones, os autistas piscaram em cenas que estavam relacionadas a emoções humanas e o olhar ficava fixo diante de objetos, que mudavam de posição ou se movimentavam de forma repetitiva.

O que foi comprovado? Bem, ele menciona que desde bebê é natural as crianças buscarem pistas de emoções no rosto das pessoas, assim como acompanharem uma ‘’narrativa’’ esperando que ‘’algo aconteça’’, o que com as crianças autistas não foi possível devido o desinteresse e assim elas piscaram de forma constante e então sugeriu que elas ‘’não seguiram a linha emocional da história’’.

Enfim, a pesquisa foi divulgada na Proceedings of Nstional Academy of Sciences e é muito relevante para quem atende crianças autistas, uma vez que é preciso criar estratégias para favorecer o desenvolvimento das crianças e não apenas permanecer  nos ‘’achismos’’ da vida.

Bjs,
Alda de Cássia


*Imagem: Guia Infantil