segunda-feira, 28 de maio de 2018

Minconto: A saudade e a curiosidade





                                              
_ Quero saber como é você. Fale de você dona saudade (Falou com os olhos cheios de lágrimas a curiosidade)

_ Pois bem, sou como seus olhos que estão cheios de lágrimas. Sou suave e forte, dependendo de quem me sente. Por exemplo: Sou um suspirar entre os enamorados e devastadora na perda de um ser amado. (Disse com um olhar de reflexão a saudade)

Com um sorriso de agradecimento, a curiosidade se despediu da saudade e ao ver a solidão na esquina da amargura saiu correndo para compartilhar seu aprendizado.

Bem, contei  esta história, que criei de improviso para uma paciente hospitalizada, já que na atividade terapêutica ela disse estar ‘’solitária’’ por estar 10 dias longe de casa e com saudade da família.

Sabe o que ela disse? ‘’Saudade e não solidão é o que sinto. Gostei da sua história!’’

Bjs,
Alda de Cássia


 *Ilustração: Vitória de Cássia

Nenhum comentário:

Postar um comentário