sexta-feira, 6 de setembro de 2019

Um dos meus contos: Deixa pra lá!



O vaga-lume chegou perto de um poste. Olhou para a lâmpada. Achou que era um sinal. Piscou. Piscou e piscou. Encostou-se mais próximo. Sentiu o corpo queimar e caiu sem vida... Outro vaga-lume vendo a cena nunca chegou perto de uma lâmpada, apenas de longe fica a observar.

Penso que somos assim... Aprendemos com o outro ou aprendemos sozinhos... Aprendizado é inevitável. Que bom!!!Uhuuuuu!!! Fica o que se viveu e aprende-se uma bela lição. A vida é assim...Já passou! Deixa ‘’pra lá’’... A vida segue...Um dia de cada vez...O que é eterno será sempre eterno no coração!Até o vaga-lume aprendeu a não se arriscar demais.

Um dos meus contos terapêuticos!


Alda de Cássia

*Imagem:Depositphotos