sábado, 30 de janeiro de 2021

Você sabia: A postura de um profissional é um fator decisivo em sua carreira?

 

A postura do profissional é um fator decisivo em sua carreira. Se ele tiver atitude e der o melhor de si, só terá a ganhar

Há algum tempo li uma entrevista de Paulo Autran e Fernanda Montenegro, dois conceituados atores brasileiros, na qual eles garantem que, mesmo após anos de experiência atuando em teatro, ainda sentem "aquele friozinho na barriga" todas as vezes que sobem ao palco. Ambos concordam que cada apresentação é capaz de fazê-los reviver as emoções do primeiro dia de trabalho. Sorte a deles!

Se todos os profissionais que estão seguros de que "sabem tudo" deixassem sentir esse frio na barriga e se permitissem confessar que isso é sinal de aprendizado e que aprender sempre é fundamental, muitas carreiras seriam salvas.

 (...)

O profissional que acredita já saber tudo acaba se fechando para conhecer coisas novas e muitas vezes se torna arrogante e desatualizado. No chamado mundo corporativo, ninguém é insubstituível; portanto, dar o melhor de si e buscar sempre mais para crescer na carreira é o mínimo que todo profissional deve fazer.

Temos exemplos claros na história de nosso país de pessoas ou até mesmo equipes que fracassaram por confiar demais na experiência adquirida na profissão e deixarem de fazer seus trabalhos com o mesmo empenho que faziam no começo da carreira. Gente que achou que era impossível errar e depois teve de aprender com os erros.

(...)

A postura do profissional é um fator decisivo em sua carreira. Se ele tiver atitude e souber entender a importância de fazer o melhor trabalho e dar cada vez mais o melhor de si, sem se acomodar com o que já conquistou, só terá a ganhar.

O friozinho na barriga não deve ser encarado como medo, covardia ou insegurança, mas sim como impulso para aprender com entusiasmo e se superar cada vez mais.

Autor: Hélio Rangel Terra, formado em Ciências Contábeis com pós-graduação em Harvard, é Presidente da Ricardo Xavier Recursos Humanos.

*Pesquisa e arte para o blog:Vitória de Cássia 

Nenhum comentário:

Postar um comentário